A espera acabou: Furacão estreia na Libertadores nesta terça-feira (05)

Compartilhe

Time principal do Athletico inaugura temporada de 2019 contra o Tolima

O time principal do Furacão, campeão da Sul-Americana de 2018, finalmente entrará em campo pela temporada de 2019, em uma partida oficial. Está marcada para esta terça-feira (05) a estreia do time pela Taça Libertadores da América. A partida será contra o Tolima, da Colômbia, ás 21h30, no Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia.

 

Esta é a sexta participação do time rubro-negro na competição, que conta com adversários de peso nesta fase de grupos. São integrante do Grupo G, do Athletico os times: Tolima, atual campeão da Colômbia, Boca Juniors, da Argentina, e Jorge Wilstermann, da Bolívia.

 

O Furacão, que optou por jogar o Campeonato Paranaense com o Time de Aspirantes, teve dois meses de preparação para a estreia oficial na temporada, porém, apesar do tempo de preparo, o técnico do Athletico já deixou claro que o time precisa ter, também, consciência e cabeça no lugar para seguir na competição.”Nós sabemos que toda estreia tem os componentes de um jogo mais nervoso, um jogo mais tenso, pelo menos no início. Temos que ter a tranquilidade de uma equipe que se preparou com tempo. Temos feito treinamentos e amistosos que foram construindo um futebol de bom nível, para termos a confiança de que estamos no caminho certo. Agora é um momento de superação, cabeça no lugar e de muita racionalidade para tomar as melhores decisões, mas também muito coração para poder agir de uma maneira competitiva que o clube merece”, destacou o treinador Tiago Nunes, em entrevista exclusiva ao site oficial do clube.

 

Provável escalação:

Com as ausências de Lucho González e Jonathan, Tiago Nunes deve escalar o Furacão com Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo); Camacho (Wellington), Bruno Guimarães e Tomás Andrade; Rony (Marcelo), Nikão e Marco Ruben.

 

Ficha técnica da partida:

Tolima x Athletico

Data: 05/03/2019
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Local:  Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia.
Árbitros: Piero Maza;  auxiliado por Raul Orellan e Edson Cisternas.

Veja também