A última temporada do Comandante

Compartilhe

Lucho González tem acerto verbal para ser treinador da base do Porto em 2020

O meia Lucho González deve ser “El Comandante” fora das quatro linhas a partir de 2020. Segundo matéria assinada pelos jornalistas Marcus Alves e Napoleão de Almeida, do UOL Esporte, o argentino entra em 2019 para fazer sua última temporada como jogador profissional antes da aposentadoria. Em suas férias, Lucho esteve em Portugal e acertou verbalmente com o Porto sua entrada como treinador das categorias de base do clube a partir do ano que vem.

 

Lucho tem duas passagens marcantes no Porto, entre 2005 e 2009 e 2011 e 2014. Lá conquistou seis campeonatos portugueses, duas Taças de Portugal e três Supercopas. Na saída para o Qatar, em 2014, Lucho comentou ao jornal O Jogo que “tinha o sonho de ser o Simeone do Porto”, em referência ao técnico argentino do Atlético de Madrid. “Em conversas com o pessoal do clube digo, um pouco na brincadeira: Um dia serei eu o treinador, um dia serei eu. Com sinceridade, se acabar a carreira de jogador e avançar, é um objetivo a que me proponho.”

 

O meia argentino, que completa 38 anos neste sábado, ainda não tem cursos de treinador e pretende tirá-los na Argentina, depois do término desta temporada, para se credenciar a trabalhar na Europa.

 

Veja também