Adversário do Athletico pela Copa no Japão possui ex-atleticano no elenco

Compartilhe

Crislan, que defendeu o Furacão em 2013 e 14, foi apresentado pelo clube japonês em julho

Nesta próxima quarta-feira (7), o Athletico enfrenta o Shonan Bellmare em partida válida pela Copa J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sudamericana (antiga Copa Suruga), às 7h (de Brasília), no Japão. O time nipônico, curiosamente, conta com um ex-atleticano em seu plantel – o atacante Crislan, de 27 anos, contratado por empréstimo junto ao Braga (POR) no último mês.

 

O jogador chegou ao Shonan após uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho, que o tirou de campo por oito meses. Após ter seu contrato renovado pelo clube português, dono de seus direitos econômicos, o empréstimo foi realizado por um ano com os japoneses. O atacante fez sua estreia pelo adversário do rubro-negro neste sábado (3), entrando ao final da partida.

 

O país asiático, no entanto, não é uma novidade na carreira de Crislan. O atleta piauiense já atuou por Vegalta Sendai e Shimizu S-Pulse, tendo se destacado e se ambientado muito bem ao país. O jogador declarou, em entrevista ao Globo Esporte, em 2017, que jogar no Japão foi importante para sua carreira “Foi um dos melhores anos da minha vida dentro do futebol. Criaram um respeito muito grande por mim no Japão. Eu tinha outra imagem do país, mas tem um futebol de muita qualidade, me adaptei muito rápido e não penso em sair do Japão tão cedo”, destacou.

 

Crislan foi revelado pelo Comercial/PI em 2010 e, após ser artilheiro pelo River, do mesmo estado, foi contratado pelo Athletico em 2013 com a alcunha de “Neymar do Piauí”. O jogador disputou o Campeonato Paranaense em 2013 e 2014. Após isso, passou por Náutico, Penapolense, Braga e os japoneses Vegalta Sendai e Shimizu S-Pulse antes de chegar ao Shonan Bellmare.

 

A partida entre Athletico e Shonan Bellmare será realizada no estádio Shonan BMW Stadium Hiratsuka, na cidade de Hiratsuka. Se vencer, o Furacão será a segunda equipe brasileira a ser campeã do torneio, que teve Internacional em 2009. O campeão receberá cerca de R$ 2,6 milhões de premiação.

Veja também