António Oliveira é expulso por chamar árbitro de incompetente

Compartilhe

Português levou cartão vermelho após o apito final por reclamar da arbitragem

Revoltado com a arbitragem desastrosa de Antônio Bid Moraes de Sousa, o técnico do Athletico, António Oliveira, foi expulso após o apito final. Segundo a súmula postada no site da CBF, Oliveira se dirigiu ao árbitro com o dedo em riste e o chamou de incompetente. “Você está prestando um desserviço à arbitragem brasileira, não deveria estar aqui”, relatou o árbitro no documento.

O técnico atleticano já estava bastante agitado depois da expulsão injusta de Richard, aos 12 minutos da primeira etapa, e já havia sido advertido com o cartão amarelo. Esse foi o terceiro amarelo de Oliveira, que já estaria suspenso para a partida contra a Chapecoense. Agora, cumprirá dois jogos de suspensão. Paulo Autuori, auxiliado por Bruno Lazaroni, devem ser os substitutos no período.

O vice-presidente do Furacão, Márcio Lara, também foi citado na súmula. No final da partida, Lara chamou o árbitro de vagabundo e ladrão. “Vou fazer uma representação na CBF, sua carreira na Série A está acabada. Você só vai apitar Série C”, disse o vice-presidente.

Veja também