Athletico chega a marca de nove jogos de invencibilidade

Compartilhe

Neste período, o Furacão sofreu apenas um gol

No último domingo (13), o Athletico derrotou o Grêmio, em Porto Alegre, por 1×0. O Furacão quebrou um tabu de 38 anos que não derrotava o Tricolor Gaúcho no Rio Grande do Sul em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro. Ainda por cima, o rubro-negro alcançou outra marca importante: já são nove partidas sem saber o que é derrota.

Nos últimos nove jogos, o Furacão tem oito vitórias e um empate. Foram marcados 15 gols e sofrido apenas um, no empate em 1×1 contra o Avaí em Florianópolis. A última derrota aconteceu no dia 12/05, partida contra o Londrina na Arena da Baixada, em que o Tubarão venceu por 2×1. Confira abaixo a sequência invicta do Athletico na temporada:

15/05 – Toledo 0 x 1 Athletico – Campeonato Paranaense

19/05 – Athletico 1 x 0 Melgar – Copa Sul-Americana

24/05 – Paraná 0 x 2 Athletico – Campeonato Paranaense

27/05 – Athletico 4 x 0 Aucas – Copa Sul-Americana

30/05 – Athletico 1 x 0 América/MG – Campeonato Brasileiro

03/06 – Avaí 1 x 1 Athletico – Copa do Brasil

06/06 – Juventude 0 x 3 Athletico – Campeonato Brasileiro

09/06 – Athletico 1 x 0 Avaí – Copa do Brasil

13/06 – Grêmio 0 x 1 Athletico – Campeonato Brasileiro

Se contar apenas jogos da equipe principal na temporada, o Furacão disputou 14. São 12 vitórias, um empate e uma derrota, com 22 gols marcados e quatro sofridos. Somente contra o Avaí e contra o Melgar o time comandado por António Oliveira não saiu com os três pontos. Contra o Avaí, empate em 1×1 na Ressacada, em Florianópolis, e contra o Melgar na derrota por 1×0, em Lima, no Peru.

O próximo compromisso do Athletico será na quarta-feira (16) contra o Paraná, na Arena da Baixada, às 15h20 (horário de Brasília), na partida válida pela volta das quartas de final do Campeonato Paranaense. O Furacão venceu o jogo de ida na Vila Capanema por 2×0, assim sendo, pode até perder por um gol de diferença que avança para as semifinais. Se o rubro-negro vencer o jogo, terá a vantagem de decidir as semifinais contra o FC Cascavel na Arena da Baixada.

Veja também