Athletico empata com Fortaleza pela Copa do Brasil e decide a classificação em casa

Compartilhe

Furacão dominou grande parte da partida, mas não foi agressivo e não conseguiu quebrar o bloqueio da equipe cearense

No confronto de ida pela Copa do Brasil, não houve vitoriosos. Na noite desta quinta-feira (16), em partida válida pelas oitavas de final do campeonato, na Arena Castelão, o Athletico empatou com o Fortaleza por 0 x 0 e decide com uma vitória simples, junto à torcida, a classificação para as quartas de final. Vale ressaltar que, em caso de um novo empate no resultado agregado dos dois jogos, o gol qualificado [marcado fora de casa] não é critério de desempate na competição.

 

O rubro-negro buscava espantar os maus resultados longe de seus domínios para encaminhar, junto à torcida, a classificação para a próxima fase. No entanto, não conseguiu superar a defesa da time cearense e volta para Curitiba com a obrigação de bater o Leão. O time veio escalado no 4-1-4-1, desfalcado pelo lateral Jonathan, poupado pelo departamento médico, e o zagueiro Thiago Heleno, suspenso preventivamente pelo caso de doping do clube. Paulo André e o volante Erick, improvisado na lateral, substituíram os jogadores. 

 

O jogo se inicia com o time atleticano atuando com marcação alta, dificultando as jogadas de ataque da equipe cearense, que buscava infiltrações pelas pontas e cruzamentos na área, mas sem efetividade. O Athletico se postava bem defensivamente, mas sem criar perigo à meta adversária até os 28 minutos do primeiro tempo, quando Marco Ruben, recebendo cruzamento de Erick, acerta um belo arremate de primeira e obriga o goleiro Marcelo Boeck praticar grande defesa.

 

A partir daí, o Athletico deteve o domínio da partida na primeira etapa, mas ainda sem agressividade, com mais um arremate de Rony, aos 38 minutos, e uma roubada de bola de Lucho, aos 41, que é interceptada pelo zagueiro Roger Machado, dentro da grande área. O primeiro tempo da partida se encerra com 64% de posse de bola para a equipe paranaense e cinco arremates ao gol.

 

As equipes voltam para o segundo tempo como terminaram o primeiro: Athletico com o controle da partida, mas sem efetividade nas jogadas de ataque. Aos 15min, no entanto, o Fortaleza levou grande perigo quando o meio-campo Marlon recebe cruzamento sozinho, na pequena área, e arremata de primeira para fora do gol. O Furacão perdeu intensidade na partida e o Fortaleza voltou a atacar, novamente com Marlon, em arrancada à entrada da grande área, mas o cruzamento não encontrou ninguém e se perdeu pela linha lateral.

 

O técnico atleticano tentou responder substituindo Lucho e Nikão para as entradas de Léo Cittadini e Braian Romero, mas o panorama da partida se manteve semelhante, com leve aumento de intensidade do Leão, mas sem efetividade. Aos 33 minutos, Marco Ruben também é substituído pelo estreante Thonny Anderson.  Ao fim da partida, os jogadores destacaram a dificuldade de jogar com o adversário e a postura do clube contra o rival.

 

“Fizemos um bom jogo. É claro que queríamos a vitória. Jogamos o tempo todo com a posse de bola, buscando o gol. No meu modo de ver, fizemos uma boa partida, consistente atrás, sem dar chance para chegarem” declarou o volante Wellington ao fim da partida.

 

Foi a primeira disputa dos clubes nesta edição da Copa do Brasil, que entraram direto nas oitavas de final. O rubro-negro garantiu a vaga por ser um dos clubes da Copa Libertadores da América, e o tricolor pela conquista da Série B do Campeonato Brasileiro. A competição é uma das prioridades do Athletico para a temporada de 2019.

 

O Furacão agora volta as atenções à 5ª rodada do Brasileirão, onde enfrenta o Corinthians, no próximo domingo (19), na Arena da Baixada. No mesmo dia, o Fortaleza joga contra a Chapecoense, em Chapecó. A partida de volta da Copa do Brasil acontece no dia 05/06, às 19h15 (de Brasília), em Curitiba. Os duelos dos classificados às quartas de final serão definidos por sorteio.

 

 

FICHA TÉCNICA – FORTALEZA 0 X 0 ATHLETICO:

 

Local: Estádio Arena Castelão, em Fortaleza/CE.

Data e horário: 16/05/2019, quinta-feira, às 19h15 (de Brasília).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC) auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA – RJ) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA – BA).

Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC) auxiliado por Rodrigo Nunes de Sa (RJ) e Helton Nunes (SC).

Cartões amarelos: Lucho González (CAP); Léo Cittadini (CAP); Marcinho (FOR); Bruno Melo (FOR).

 

Fortaleza: Boeck (C); Tinga, Quintero, Roger, B. Melo; P. Roberto, Araruna, Marlon; Marcinho (Júnior Santos), André Luis (Edinho) e Romarinho (Matheus Alessandro).

Técnico: Rogério Ceni.

 

Athletico: Santos; Erick, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Nikão (Braian Romero), Lucho González (C) (Léo Cittadini), Bruno Guimarães, Rony; Marco Ruben (Thonny Anderson).

Técnico: Tiago Nunes.

Veja também