Athletico encara o atual vice-campeão da Libertadores

Compartilhe

Furacão entra em campo pelas oitavas de final com diversos desfalques

Athletico Paranaense e River Plate abrem a rodada de jogos de ida das oitavas de final da Libertadores nesta terça-feira, às 19h15, na Arena da Baixada. O Athletico vai embalado para este duelo. No Brasileirão, venceu suas últimas quatro partidas e agora está na 9ª colocação, com 28 pontos.  

 

O time recebeu a contra-prova dos exames de COVID-19 ontem à noite e teve mais seis desfalques confirmados pelo vírus. Os goleiros Santos e Jandrei, o zagueiro Zé Ivaldo, o lateral-esquerdo Abner, o volante Jaime Alvarado e o meia Nikão contraíram a doença e estão fora da partida. Os últimos dois adversários do Furacão, o Atlético-MG e o Santos, vivem surtos da doença.

 

Os atletas se somam a lista de desfalques para o técnico Paulo Autuori. O meia Fernando Canesin e o atacante Geuvânio, foram diagnosticados com Covid-19 na última sexta-feira. Os laterais Jonathan e Márcio Azevedo e o meia Vitinho ainda não devem estar à disposição. Já Carlos Eduardo, Lucho González e Christian foram relacionados.

 

Um provável Athletico tem Bento (Léo Linck), Khellven, Thiago Heleno, Pedro Henrique e João Victor; Richard, Christian e Erick; Carlos Eduardo (Ravanelli), Reinaldo e Renato Kayzer.

 

Já o River Plate, têm quase 80% de aproveitamento e apenas duas derrotas em 18 partidas no ano. Um provável time conta com Armani; Montiel, Paulo Díaz (Rojas), Pinola e Casco; Enzo Pérez; Julián Álvarez, Nacho Fernández e De La Cruz; Borré e Suárez.

 

Atual vice-campeão da Copa, se classificou como líder do Grupo D, enquanto o Athletico garantiu-se nos mata-matas como segundo colocado do Grupo C.  As equipes nunca se enfrentaram pela Libertadores, mas têm histórico recente de decisões em outros torneios CONMEBOL, com vantagem argentina. O River superou o Furacão na final da Recopa 2019 e o eliminou nas oitavas de final da Sul-Americana 2016. 

 

A arbitragem da partida fica por conta do colombiano Andrés Rojas, auxiliado pelos compatriotas Alexander Guzmán e Dionisio Ruiz. Outro colombiano, Nicolás Gallo, comandará o VAR, que passa a ser utilizado a partir desta fase. 

 

A partida de volta será na terça que vem, dia 1°, às 19h15, no Estádio Libertadores da América, casa do Independiente, em Avellaneda, uma vez que o Monumental de Nuñez passa por obras.

 

As duas partidas entre Athletico e River Plate, válidas pelas oitavas de final da Copa Libertadores 2020, terão transmissão exclusiva no canal CONMEBOL TV. 

 

O classificado enfrenta quem passar de Independiente del Valle x Nacional-URU nas quartas. Essa é a sétima participação do Athletico na Libertadores e a quinta vez que o clube chega ao mata-mata.

Veja também