Athletico enfrenta o FC Cascavel por um lugar na decisão do Campeonato Paranaense

Compartilhe

Furacão buscará fazer um resultado positivo para levar uma vantagem para o jogo em Cascavel

Na noite deste domingo (26) o Athletico retorna à Arena da Baixada para enfrentar o FC Cascavel pela partida de ida da semi final do Campeonato Paranaense. O Furacão espera manter o embalo depois de conseguir uma classificação de certa forma tranquila contra o Londrina, com 6×1 no agregado, e vencendo por 5×0 na partida de volta em casa.

 

Por outro lado, a serpente do oeste do estado conseguiu sua classificação vencendo o Rio Branco com um placar agregado de 8×0. Vai ser o duelo dos dois melhores ataques da competição, cada equipe marcou 28 gols no estadual, além de que, Athletico e FC Cascavel tem os artilheiros da competição: Pedrinho e Lucas Tocantins já marcaram 6 vezes no certame.

 

O técnico do Furacão Dorival Júnior pregou respeito ao adversário, e disse que o rubro-negro terá que se esforçar muito para poder chegar à final: “A equipe do Cascavel não foi vice-campeã da primeira fase por um acaso. Fez uma campanha muito regular, muito segura. Com certeza, teremos dois jogos de altíssimo nível e vamos ter que nos desdobrar para alcançar uma vaga nas finais”.

 

Marcelo Caranhato, técnico do FC Cascavel também mostrou respeito com o Athletico, mas avisou que seu time não mudará seu jeito de jogar: “Um jogo decisivo, com cara de final, contra uma grande equipe que disputa Série A de Brasileiro, Libertadores, atual campeão da Copa do Brasil. Mas chegou a hora de colocar à prova nosso estilo de jogo e coroar todo o trabalho que foi feito. Vamos nos comportar como fizemos ao longo do campeonato. Não vamos deixar de agredir o adversário, de ser um time ofensivo, e ter um pouco de cautela defensiva. Foi esse jogo ofensivo que nos trouxe até aqui”.

 

O destaque do time do interior do estado para essa semi é o atacante Lucas Tocantins, que além de ser o artilheiro de sua equipe e do estadual, sempre atormenta a defesa adversária, e mostra ser um atacante sempre atento com as oportunidades que tem. Já o destaque do Furacão é o atacante Nikão, que parece que nem sentiu a parada do futebol, e voltou “voando”, com uma intensidade e poder de decisão acima do normal.

 

 

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Athletico: Santos; Erick; Lucas Halter; Thiago Heleno e Abner Vinícius; Wellington; Léo Cittadini e Marquinhos Gabriel; Nikão; Carlos Eduardo e Guilherme Bissoli. Técnico: Dorival Júnior.

 

FC Cascavel: Raul; Líbano; Afonso; Marcel e Quaresma; Duda; Oberdan e Adenílson; Henrique; Lucas Tocantins e Magno. Técnico: Marcelo Caranhato.

 

Veja também