Athletico enfrenta o Libertad em partida decisiva pela Libertadores

Compartilhe

Apesar de estar em uma situação delicada na Libertadores, Furacão depende apenas de si para se classificar

Na noite desta quarta-feira (18) o Athletico recebe o Libertad, partida válida pela 5ª rodada do grupo B da Libertadores. Partida de vida ou morte para o Furacão. O rubro-negro precisa vencer para continuar vivo na disputa por uma vaga na próxima fase. O Athletico só depende de suas próprias forças para se classificar, caso ganhe as duas que disputa na Arena da Baixada assegura a vaga para as oitavas de final.

Para esse duelo o técnico Felipão tem alguns desfalques. O atacante Vitinho com problemas musculares e o volante Matheus Fernandes com dores no joelho estão fora da partida. Por outro lado, o meia David Terans que foi poupado da última partida pelo Brasileirão volta a equipe. O argentino Tomás Cuello deve entrar no lugar de Vitinho e o volante equatoriano Bryan Garcia deve assumir a vaga deixada por Matheus Fernandes. Além desses dois desfalques, o capitão Thiago Heleno continua de fora se recuperando da cirurgia que realizou no ombro.

Já o Libertad vem com alguns desfalques também. A joia da equipe paraguaia Júlio Enciso teve uma lesão na mandíbula e não veio para Curitiba. Além dele Marcelo Díaz e Tito Villalba não vieram, porém nenhum dos dois são titulares da equipe. Do time que venceu o Furacão em Assunção apenas o lateral direito Camilo Mayada e o volante Ramon Martínez não vieram para o Brasil. Em seus lugares devem entrar Ivan Píris e Hernesto Caballero respectivamente.

FICHA TÉCNICA

Data: 18/05/2022

Horário: 19h

Local: Arena da Baixada, Curitiba/PR.

Transmissão: Conmebol TV.

Arbitragem: Patrício Loustau será o árbitro central. Ezequiel Brailovsky e Facundo Rodríguez serão seus auxiliares. O trio é argentino.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Athletico: Bento, Khellven, Matheus Felipe, Pedro Henrique e Abner, Hugo Moura, Bryan Garcia, David Terans, Canobbio, Tomás Cuello e Pablo. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Libertad: Martín Silva, Ivan Píris, Diego Viera, Alexander Barboza e Miguel Samudio, Hernesto Caballero, Cristian Riveros, Antônio Bareiro, Rodrigo Bogarín, Bautista Merlini, Óscar Cardozo. Técnico: Daniel Garnero.

Veja também