Athletico entra com mandado no STJD para liberação de Renan Lodi

Compartilhe

Documento foi protocolado na noite desta terça (4); CBF tem até dois dias para responder sobre o pedido

O Athletico e o Santos ingressaram nesta terça (4) com um Mandado de Garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pedindo a liberação os atletas Renan Lodi e Rodrygo, da Seleção Olímpica, para que eles possam jogar as partidas que restam até a pausa para a Copa América.

 

Com medo de escalarem os atletas nas próximas partidas e serem punidos, os clubes ingressaram com este mandado no STJD ressaltando a importância dos atletas para suas equipes. O Athletico pediu a desconvocação de Lodi para que o atleta possa jogar nos próximos compromissos do clube paranaense previstos para os dias 5 (Fortaleza), 8 (Palmeiras) e 13 (Goiás) de junho.

 

Os pedidos foram enviados para o Presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho, que determinou que a CBF se manifeste no prazo de dois dias, conforme art. 119§ 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.​ Na manhã desta terça, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, disse que os atletas continuavam convocados para a Seleção.

Veja também