Athletico leva gol no último lance e cede empate contra o Botafogo, no Rio de Janeiro

Compartilhe

Em confronto direto, Furacão deixa resultado escapar de novo e perde a chance de assumir liderança no Brasileirão

O Athletico empatou com o Botafogo na noite desta quarta (19), fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. O rubro-negro saiu na frente com Mastriani no início do segundo tempo mas sofreu o empate no último lance da partida, com o zagueiro Bastos marcando de cabeça para os donos da casa após escanteio. Com o resultado, o Athletico se mantém no G4 mas deixa passar mais uma oportunidade de assumir a liderança, que agora é ocupada pelo próprio Botafogo.

Jogo

Em um jogo de muito equilíbrio, o Furacão levou alguns minutos para acertar a marcação. A partir dos vinte minutos e com a marcação mais encaixada o Athletico não sofreu grandes sustos e foi quem mais levou perigo nos contra-ataques. A principal chance rubro-negra saiu dos pés de Fernandinho, que percebeu o goleiro John adiantado e arriscou do meio de campo, parando na ótima recuperação do arqueiro botafoguense

A estratégia se manteve na segunda etapa e surtiu efeito logo aos sete minutos: em bola aberta na esquerda para Cuello, o argentino trouxe para o meio e cruzou para Mastriani que venceu o marcador e deu um tapa de pé direito abrindo o placar em favor dos visitantes. Novamente o Botafogo tinha mais a bola mas não ameaçava o gol de Léo Linck. Foi o goleiro alvinegro quem teve mais trabalho, em finalizações de Cuello e Christian.

A comissão técnica promoveu as entradas de Gamarra, Zé Vitor e Alex Santana para reforçar a marcação, mas o roteiro da partida contra o Flamengo se repetiu: o árbitro deu oito minutos de acréscimo e no último lance, com até o goleiro John na área, o Diego Hernández cobrou escanteio que o zagueiro Bastos cabeceou no canto direito de Léo Linck para empatar a partida.

Como fica?

Com o empate o Athletico perdeu a chance de dormir na liderança. O Furacão está na terceira posição com 18 pontos e pode ser ultrapassado por Bahia e Palmeiras no complemento da rodada. A equipe do técnico Cuca volta a campo no domingo (23) contra o Corinthians, também pelo Brasileirão. A partida será na Ligga Arena às 16h (Brasília). O treinador voltará à beira do gramado após cumprir suspensão contra o Botafogo e não contará com o atacante Pablo, que recebeu o terceiro cartão amarelo no Rio de Janeiro.

De novo?

Os minutos finais foram como um déjà-vu para a torcida atleticana. Pela segunda vez seguida, em outro confronto direto, o Furacão não consegue administrar a vantagem mínima ao longo dos acréscimos e deixa escapar dois pontos importantes no último lance, novamente sofrendo um gol de cabeça após cobrança de escanteio

Botafogo 1 x 1 Athletico
Campeonato Brasileiro 2024 – 10ª rodada
Estádio Nilton Santos – Rio de Janeiro/RJ
Data e hora: 19/06/2024 19h (Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC). Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Gizeli Casaril (SC)
Botafogo: John; Cuiabano, Lucas Halter, Bastos e Damián Soares (Yarlen); Marlon Freitas (Gregore), Danilo Barbosa (Luiz Henrique) e Tchê Tchê; Óscar Romero (Fabiano), Eduardo (Diego Hernández) e Junior Santos. Téc. Artur Jorge.
Athletico: Léo Linck; Léo Godoy, Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel (Gamarra); Erick, Fernandinho e Cuello (Julimar); Christian (Zé Vitor), Nikão (Alex Santana) e Mastriani (Pablo). Téc. Daniel Cerqueira.
Gols: Mastriani (7’/2T) (Athletico). Bastos (53’/2T) (Botafogo)
Cartões Amarelos: Erick, Christian, Esquivel, Pablo, Alex Santana (Athletico)

Veja também