Athletico rebate ação trabalhista de Tiago Nunes

Compartilhe

Em nota oficial, Clube diz ter cumprido todas as obrigações legais com o ex-treinador

Após a divulgação da ação trabalhista que o ex-técnico do Athletico, Tiago Nunes, cobra mais de R$ 1 milhão do Clube – incluindo o pagamento de bônus previsto em contrato pelo título da Copa do Brasil 2019, o Clube publicou uma nota oficial na tarde desta terça (28) afirmando que todas as obrigações legais e contratuais foram cumpridas. 

 

O Clube ainda lamentou a divulgação de documentos internos, anexados no processo. Nele consta dados sigilosos como o valor dos bichos pagos para todo o elenco rubro-negro e os profissionais que trabalham no dia a dia. Segundo a nota, medidas jurídicas serão tomadas.

 

Confira a nota na íntegra:

 

O Club Athletico Paranaense, em virtude das notícias veiculadas na mídia a respeito da reclamatória trabalhista promovida pelo ex-treinador Tiago Nunes, esclarece que absolutamente todas as obrigações legais e contratuais com o profissional foram cumpridas com o rigor de praxe.

 

Em que pese o direito de ação estar resguardado pela Constituição Federal Brasileira, repugna-se toda e qualquer iniciativa que reflita abuso de direito, materializada na tentativa de se discutir pactuação decorrente de livre manifestação de vontade, bem como na irresponsável divulgação de documentação apócrifa que envolve nomes de terceiros alheios à demanda, sem as cautelas legais necessárias, tal como requerimento de segredo de justiça.

 

O Athletico lamenta profundamente o ocorrido e informa que adotará todas as medidas jurídicas cabíveis para reparar todos os transtornos causados à Instituição, aos atletas e aos colaboradores.

Veja também