Athletico recorre à Conmebol para redução da pena de Camacho

Compartilhe

Clube afirma que o volante é vitima em caso de doping na Conmebol Libertadores

O Athletico Paranaense assumiu a culpa no caso do jogador Camacho, pego no doping pela Conmebol junto com o zagueiro Thiago Heleno. Com isso, o clube solicitou à Confederação que a pena seja reduzida ou até mesmo absolvida com relação ao jogador. O volante está preventivamente suspenso da disputa da Copa Libertadores, mas o clube afirmou (em entrevista coletiva na última terça) que os atletas são vítimas e que a responsabilidade pela ingestão da substância proibida higenamina é exclusivamente da falha interna dos profissionais do time.

 

 

O presidente do Furacão, Mario Celso Petraglia, cogita também uma indenização ao Corinthians, de quem Camacho é emprestado, além de recorrer da penalização sobre jogador, para compensar o mal que causou. Camacho agradeceu pela atitude profissional e justa do Club Athletico Paranaense em se responsabilizar pelo caso, e também aos torcedores que tem enviado inúmeras mensagens de apoio neste momento difícil de sua carreira. Confira a nota enviada pela assessoria do jogador:

 

“A Think Sports Comunicação lamenta o caso de doping, envolvendo o jogador Camacho, que foi totalmente vítima, conforme disse o presidente Mario Celso Petraglia na coletiva ontem à tarde. O atleta ingeriu, com indicação do Club Athletico Paranaense, a substância higenamine. Cientes da situação apenas semana passada, o jogador junto com a instituição, resolveram admitir o erro interno e comunicar a Conmebol para que a pena seja reduzida ou até mesmo que o jogador seja absolvido.

 

Camacho é constantemente escolhido nos sorteios de Controle de Dopagem e jamais teve seu exame como positivo. Isento de culpa no único episódio da sua carreira, esperamos que haja bom senso e que não punam o jogador.

 

O volante agradece não só o clube, que demonstra seriedade e profissionalismo nesse delicado assunto, mas também a torcida. Camacho vem recebendo diversas mensagens de apoio dos athleticanos”.

Veja também