Athletico vai aclamar chapa de Petraglia nesta sexta-feira (8); conheça nomes

Compartilhe

Sem concorrência, não haverá votação e chapa Cap Gigante será aclamada pela segunda vez consecutiva. Petraglia promete montagem de time competitivo

As eleições do Athletico ocorrem nesta sexta-feira (8) e vão aclamar a chapa de Mário Celso Petraglia pela segunda vez consecutiva. Oficialização deve ser anunciada pelo clube às 19h, limite para votação – se houvesse.

Eleições desta sexta dizem respeito ao Conselho Deliberativo do Furacão, composto por presidente, primeiro vice presidente, segundo vice presidente, primeiro secretário e segundo secretário. Funções foram definidas em 28 de novembro, limite para a inscrição de chapas. Confira composição:

PresidenteAguinaldo Coelho de Farias
1° Vice presidentePaulo Afonso Cunali
2° Vice presidente Ney Pinto Varella
1° secretárioCarlos Valdir Heinze Junior
2° secretárioMaurício Augusto Bonato
Composição da chapa Cap Gigante para o Conselho Deliberativo
Chapa Cap Gigante será aclamada nesta sexta-feira (8). Foto: Athletico

Na próxima segunda-feira (11) o Conselho Deliberativo eleito define os nomes dos membros que vão ocupar outros cargos diretivos no Furacão – entre eles, os do Conselho Administrativo, onde Mário Celso Petraglia deve ocupar cargo. Atualmente, figurão é presidente da administração do clube.

Petraglia promete centenário com time competitivo

Em entrevista coletiva e comunicado oficial divulgado pelo clube, Mário Celso Petraglia expôs suas promessas para mais um quadriênio no comando do clube. Segundo o presidente, chegou o momento de “falar do importa, o futebol”, no Furacão, que – para ele – nunca esteve tão bem resolvido financeiramente como está neste momento.

“O Athletico está sim em condições de montar um grande time para jogar no ano do nosso Centenário.”

Para Petraglia, a resolução de problemas financeiros como o pagamento da dívida da reforma da Ligga Arena e a venda dos naming rights do estádio atleticano colocam Furacão em outro momento, que tem a ajuda do dinheiro das cotas de TV, acordado na assinatura do contrato com a Liga Forte do Futebol.

Tudo isso, somado à venda de Vitor Roque, traz ao Athletico um faturamento de cerca de R$800 milhões, como admitiu Petraglia. Mesmo assim, presidente ainda mantém posição de que o clube não fará loucuras.

Em falas de campanha, Petraglia voltou a comentar que o Furacão bateu em um teto com o investimento que tem, antes de conseguir vender sua Sociedade anônima do futebol (Saf). Venda, inclusive, será o “último ato” da carreira do dirigente pelo Athletico.

A transformação em empresa já iniciou, segundo o presidente, que confirma que a intenção do clube é depender cada vez menos da figura de Mário Celso Petraglia. Por isso, o Athletico fechou a contratação do CEO geral Alexandre Leitão para a temporada de 2024 e ainda busca trazer um diretor de futebol.

Petraglia também confirmou a chegada de novo treinador para o ano do centenário do clube. Como noticiado pela Trétis, o nome do argentino Gustavo Alfaro é monitorado, mas Cuca não é descartado. Segundo informação veiculada pelo Ge, o treinador Gustavo Matosas também é um nome sondado pelo Furacão.

O Athletico encerrou a temporada 2023 nesta quarta-feira (6), em derrota por 3 a 0 contra o Cuiabá, fora de casa. Clube deu férias a seu elenco, que se reapresenta no CT do Caju em 6 de janeiro, para início da pré-temporada. A estreia do Furacão em 2024, ano de seu centenário, é em 17 de janeiro, contra o Andraus, na Vila Capanema, pelo Campeonato Paranaense.

Veja também