Athletico vence e convence contra o Guaraní

Compartilhe

Furacão cresce de rendimento e não encontra dificuldades diante dos paraguaios

O Athletico bateu o Guarani do Paraguai sem muitas dificuldades na Arena da Baixada. 3×0 no marcador, com dois gols de Marco Ruben na primeira etapa e um de Marcelo na etapa complementar. O Furacão mais uma vez não contou com Lucho Gonzalez, Jonathan e Rossetto. Lucho segue fazendo um trabalho diferenciado para ter mais condições de jogo durante a temporada, enquanto Jonathan e Rosseto se recuperam de lesão. Quem também não tem condições é o meia Bruno Nazário, que só retornará aos campos em março.

 

O Jogo

 

Quem demorou para encontrar um bom lugar na Arena, perdeu o primeiro gol da partida. Já aos 3’ minutos do primeiro tempo o árbitro marcou pênalti para o Athletico, após a bola bater na mão do defensor paraguaio em cobrança de falta. O artilheiro Marco Ruben pegou a bola e não desperdiçou a chance de abrir o placar, bateu firme no centro do gol sem chances para o goleiro Victor Centurión.

 

O Athletico seguiu dominando a partida com o mesmo estilo de sempre, troca de passes rápidos e inversão de jogadas, dificultando a marcação do time paraguaio. O Guarani pressionou a saída de bola do Furacão querendo surpreendê-lo, mas a equipe de Tiago Nunes mostrou muita qualidade nas construções de jogadas desde o campo defensivo. Como os paraguaios pressionavam na defesa, sobrava espaço pelo meio de campo para Bruno Guimarães e Tomás Andrade fazerem jogadas de meio.

 

Entretanto, o segundo gol atleticano saiu dos pés de Renan Lodi. O lateral fez bela jogada pela esquerda e cruzou na medida para Marco Ruben subir entre os zagueiros e marcar o segundo dele e do Athletico, aos 28’ da primeira etapa. Dois jogos e três gols no inicio de temporada. No fim do primeiro tempo, Rony ainda marcou mais um, porém o assistente marcou impedimento.

 

Diferente do amistoso contra o General Diaz, o Técnico Tiago Nunes voltou para o segundo tempo sem alterações. O Athletico continuou pressionando e no primeiro minuto de partida. Lodi fez jogada pela esquerda e finalizou para a defesa do goleiro Centurión. Aos 14’ minutos, Tiago fez as primeiras alterações: saiu Camacho, Paulo André e Renan Lodi, entrou: Wellington, Léo Pereira e Márcio Azevedo.

 

Nunes também promoveu a estreia do argentino Brian Romero, que foi o último hermano a desembarcar no CT do Caju. Junto com ele, entrou Marcelo Cirino e entrou com estrela. O camisa 10 aproveitou a rebatida do chute de Bruno Guimarães, e de primeira, marcou o terceiro do Furacão. Goleada na Baixada 3×0.

 

Nos minutos finais, Tiago Nunes continuou fazendo alterações no Athletico para dar oportunidades ao elenco atleticano, principalmente para os garotos, como Jaderson e Khellven.

 

Porém, o placar ficou nisso mesmo: Athletico três, Guarani do Paraguai zero. Segunda vitória em amistosos do Athletico e time continuando a se entrosar para estreia na Libertadores, contra o Deportes Tolima, no dia 5 de março, fora de casa.

 

Veja também