Athletico vence o Bahia e respira mais aliviado no Brasileirão

Compartilhe

Com gol de Christian, Furacão vence e chega a quarta vitória seguida

Na noite deste sábado (26), o Athletico recebeu o Bahia na Arena da Baixada e venceu pelo placar de 1×0. O gol foi marcado pelo volante Christian de cabeça. Com o resultado, o Furacão ocupa a 10ª colocação com 14 pontos ganhos.

 

Primeiro tempo

O jogo, de forma geral, foi bastante truncado. O Bahia surpreendeu e começou o jogo marcando a saída de bola do rubro-negro, o que deu bastante dificuldade para o Athletico. E como já é de costume de times comandados por Mano Menezes, uma marcação muito forte, o que atrapalhou a criação das jogadas do Furacão. A primeira boa chegada foi do tricolor de aço, aos 19’, foi em um cruzamento da esquerda de Élber, que encontrou Rodriguinho com espaço que pegou de primeira e jogou a bola para fora. Aos 38’, a primeira chegada com perigo do Furacão, passe de Abner para Erick que vê o goleiro adiantado, e tenta por cobertura, a bola passa triscando a trave do goleiro Douglas. Aos 41’, outro bom passe de Abner, que encontra Erick sozinho na grande área, que finaliza e o goleiro Douglas faz importante defesa. Aos 46’, outra boa chegada do Furacão, em um cruzamento da direita de Pedrinho, o zagueiro do Bahia corta e quase faz contra, o goleiro Douglas salva o Bahia novamente.

 

Segundo tempo

A etapa final voltou e o técnico Eduardo Barros retornou com a mesma equipe do primeiro tempo. Primeira chance de gol foi do Furacão, aos 9’, quando Léo Cittadini cruza da esquerda e Fabinho chega cumprimentando a bola, mas ela passa por cima do gol. Aos 24’, gol do Athletico! Abner recebe pela esquerda e cruza, na medida, na cabeça de Christian, que só tem o trabalho de deslocar o goleiro do tricolor e abrir o placar. Athletico 1 x 0 Bahia. Aos 34’, pênalti para o Bahia. Santos calça o atacante Rossi dentro da área e com o auxílio do VAR, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro anotou a penalidade máxima. Clayson foi para a cobrança e Santos defendeu, evitando o gol da equipe nordestina. O Bahia tentava pressionar o Furacão, mas não obtinha sucesso, o rubro-negro estava bem postado em campo. Aos 50’, contra ataque puxado pelo rubro-negro com Carlos Eduardo, que não observou o estreante Renato Kayzer sozinho no meio da área e desperdiçou uma oportunidade de ampliar o marcador. Aos 52’ falta na meia lua da grande área para o Furacão, que Ravanelli bateu, e a bola passou tirando tinta da trave, ia ser um golaço na gaveta. Fim de jogo: Athletico 1 x 0 Bahia.

 

O próximo jogo do Athletico será na próxima terça-feira (29) contra o Jorge Willstermann às 21h30 (horário de Brasília) na Arena da Baixada pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Esta partida pode garantir a classificação e a liderança do grupo para o Furacão.

 

FICHA TÉCNICA

Athletico 1 x 0 Bahia

 

Athletico: Santos, Jonathan (Jorginho), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner, Wellington, Erick, Christian (Jaime Alvarado), Léo Cittadini (Ravanelli), Pedrinho (Renato Kayzer) e Fabinho (Carlos Eduardo). Técnico: Eduardo Barros.

 

Bahia: Douglas, Edson, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba, Ramires (Rossi), Gregore, Ronaldo (Ramon), Élber (Clayson), Rodriguinho (Marco Antônio) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

Veja também