Atlético sonda situação do ponta Mateus Gonçalves, atualmente no Sport

Compartilhe

Mateus é um dos destaques do Sport na temporada.

Segundo o repórter Léo Gomide, da rádio 98 de Minas Gerais, o Atlético estaria interessado no ponta Mateus Gonçalves, destaque do Sport no campeonato. O jornalista mineiro trouxe a informação do interesse do Furacão no jogador após uma consulta para saber sobre Tomás Andrade, jogador argentino que jogou pelo Galo em 2018 e também interessa ao rubro-negro. 

 

Mateus Gonçalves, de 24 anos, tem jogado pela ponta esquerda no Sport, mas também atua pelo lado direito, tendo a velocidade como principal característica. Começou a carreira na base do Palmeiras e em 2014 foi jogar no Vitória de Guimarães (POR). Contudo, o ponta não recebeu muitas chances em Portugal, tendo passado 2014/15 sem jogar. 

 

Na temporada 2015/16 foi contratado pelo desconhecido Deportivo Tepic (MEX), onde teve as primeiras chances como jogador profissional. Pelo Tepic, Mateus fez 37 jogos e marcou 12 gols, suficiente para despertar o interesse de um velho conhecido da torcida atleticana, o Pachuca. 

 

Após uma temporada de destaque o brasileiro não conseguiu mais repetir o bom futebol e teve uma passagem apagada pelo Pachuca, com dois empréstimos em pouco menos de 2 anos no clube (para o Chiapas (MEX) em 16/17 e para o Toluca (MEX) em 17/18). Ainda na temporada 17/18 ele fez 9 jogos pelo Tijuana (MEX), com 2 gols marcados, até que chegou no Sport em agosto deste ano. 

 

Jogador destro de 1,70m, Mateus foi contratado pelo Sport no dia 10 de agosto deste ano, como um pedido do treinador Claudinei Oliveira, que acabou pedindo demissão dois dias após sua chegada. Com Eduardo Baptista o jogador chegou a descer para jogar pelo time de Aspirantes e pelo time principal foi aproveitado em duas oportunidades, nenhuma como titular. Com a chegada de Milton Mendes o jogador ganhou mais oportunidades e já soma 11 jogos com 3 gols marcados. 

 

As opções do Atlético para as pontas neste ano são: Marcelo, Nikão, Marcinho (emprestado pelo São Paulo), Rony e Bruno Nazário (machucado e emprestado pelo Hoffenheim).

Veja também