Bento se torna goleiro sub-23 com mais pênaltis defendidos no mundo em 2023

Compartilhe

Goleiro atleticano defendeu duas cobranças na última quarta-feira e já soma seis defesas de pênalti na carreira

Bento é o goleiro que mais pegou pênaltis em 2023, entre todos os jogadores no mundo com menos de 24 anos. Levantamento da base de dados SofaScore cita as três cobranças defendidas pelo arqueiro atleticano como maior número na faixa etária – Bento completa idade limite para o ranking no próximo dia 10.

Goleiro defendeu cobranças nas disputas por terceira fase e oitavas de final da Copa do Brasil, contra CRB e Botafogo. Na verdade, goleiro chegou a defender uma quarta cobrança, na batida de Diogo Silva, do CRB, mas feito foi anulado porque o arqueiro se adiantou. Na segunda tentativa do batedor, Bento pegou de novo.

Bento defendeu três cobranças em jogo na carreira

Em seu segundo jogo como profissional atleticano, goleiro defendeu a batida de De La Cruz, do Ríver Plate, na derrota por 1 a 0 que eliminou o Athletico da Libertadores de 2020. Arqueiro ainda pegou outras duas cobranças pelo Campeonato Brasileiro, em batidas de Everton Felipe – do Sport – e Willian Potker, do Avaí – no rebote da defesa, Khellven cometeu outro pênalti, então convertido pelo mesmo batedor.

No geral, e em cobranças de jogo, Bento tem aproveitamento de 21,4%, defendeu três em 14. Valor é acima da média dos goleiros no Brasileirão de 2022, de 18% e ultrapassa métricas de goleiros experientes e testados na Seleção Brasileira, como os 17,9% de Alisson e os 18% de Weverton. Ederson, outra presença frequente nas listas da amarelinha, tem aproveitamento fora de série, com 31%.

Nas duas disputas de pênaltis na carreira, Bento defendeu 37,5% das cobranças, três em oito. Média de 1,5 defesas a cada disputa é melhor do que o antecessor, e ídolo do Athletico, Santos, que defendeu exatamente uma cobrança por disputa – sete defesas em sete decisões.

Bento pegou duas cobranças na vitória do Athletico contra o Botafogo, na última quarta-feira (31) | Foto: Divulgação/Athletico

Muito pelo bom aproveitamento dos goleiros o Athletico não perde uma disputa de pênaltis há mais cinco anos. A última derrota foi no Campeonato Paranaense de 2018, contra o Rio Branco, pela semifinal do primeiro turno daquela edição. Santos pegou uma cobrança da disputa, mas não conseguiu evitar derrota que contou com bola na trave do atacante Vitinho, hoje no Bragantino.

Veja também