Clima amistoso entre torcidas marca primeira final da Copa do Brasil

Compartilhe

Churrasco, livre circulação e até casal "rival": torcedores colorados foram bem recebidos em Curitiba

Desde as primeiras horas da manhã de quarta (11), era visível a circulação de torcedores do Internacional nos arredores da Arena da Baixada. Os colorados, que lotaram o espaço adversário com 2.300 lugares, chegaram cedo para fazer o cadastro biométrico e também para aproveitar o clima amistoso que existe entre as torcidas para conhecerem a frente do estádio e a praça do Athletico.

 

Na sede da Torcida Organizada Os Fanáticos foram recebidos quatro ônibus da Guarda Popular, principal torcida do Inter. Um churrasco foi feito para os presentes que puderam esticar suas faixas dentro da sede e também na rua da propriedade. A “banda” da Popular também estava lá, mas não pôde entrar na Baixada por questões de segurança colocadas pela Polícia Militar.

 

 

Durante a tarde, a reportagem da Trétis encontrou até um casal que se separou somente nas arquibancadas. O casal Mari e Tony andou tranquilamente pela Baixada e foram alvos de fotos e entrevistas pra imprensa.

 

“Vim comprar uma camisa nova do Athletico, ele já estava de Inter e estamos aproveitando esse clima bom entre as torcidas pra fazer esse passeio”, destacou a esposa.

 

Antes e depois do jogo, nenhum incidente foi registrado entre as torcidas. O torcedor colorado Adriano Schneider diz que foi muito bem recebido na capital paranaense e afirma que a torcida rubro-negra terá o mesmo tratamento amistoso na próxima quarta (18), em Porto Alegre.

 

“Não tivemos nenhuma confusão em Curitiba, graças a Deus. Fui no Shopping Hauer depois do jogo, tinha uma galera do Athletico por onde andamos, nós com a camisa do Inter e foi muito tranquilo. Vai estar do c… semana que vem”, relata Adriano.

 

Uma pessoa foi baleada na perna na Rua Brigadeiro Franco, próximo ao módulo policial da Praça Afonso Botelho, mas o fato não teve relação com a partida.

Veja também