Comissão técnica da categoria sub-20 pede demissão

Compartilhe

Escalação direcionada de atleta teria sido motivo da saída de Bernardo Franco e Gustavo Caiche

A quarta-feira (22) no CT do Caju foi turbulenta na categoria de base. Pela manhã, o técnico Bernardo Franco do time sub-20 foi demitido pela diretoria. Em solidariedade, o auxiliar técnico e campeão brasileiro em 2001 pelo Athletico, Gustavo Caiche, também pediu para sair, assim como o gestor das categorias de base, Leo Coelho.

O desconforto entre Bernardo Franco e a diretoria iniciou-se há 10 dias na partida entre Athletico e Fortaleza, pela 15° rodada do Brasileirão sub-20. Segundo apurou o Portal Trétis, a comissão foi orientada a escalar um meia-atacante de 18 anos por ordens superiores. O atleta, em questão, não havia jogado nenhuma partida pelo campeonato até então e foi substituído no intervalo, quando o placar estava marcando 4 a 1 para o adversário.

Passada mais uma derrota para a Chapecoense, no final de semana, o desgaste interno levou ao desligamento de Bernardo Franco. Na tarde desta quarta (22), o elenco sub-20 decidiu não treinar em protesto à saída dos profissionais.

O Furacão sub-20 está em quinto lugar na tabela, apenas a dois pontos do líder, Atlético Mineiro. A equipe ainda disputará mais três partidas pela primeira fase do Brasileirão, antes do mata-mata decisivo. Ainda não se sabe quem comandará o Athletico no restante do campeonato.

Veja também