Contratos de Pedrinho e Bryan Garcia são rescindidos

Compartilhe

De forma oficial, os contratos dos dois jogadores foram rescindidos com o Furacão

Na última sexta-feira (09) pós feriado o boletim informativo diário (BID) da CBF trouxe as rescisões de contrato do lateral-esquerdo Pedrinho e do volante Bryan Garcia com o Athletico. No dia 12 de maio o Furacão anunciou em suas redes sociais que os dois atletas haviam sido desligados do clube, mas até então os contratos não tinham sido rescindidos de forma oficial, o que aconteceu na última sexta-feira.

No dia 10 de maio os nomes dos dois atletas foram revelados em prints dos apostadores em uma operação realizada pelo Ministério Público do Estado de Goiás, que foi deflagrada como “Operação Penalidade Máxima”. De acordo com esses prints, Pedrinho teria recebido R$ 80.000,00 para tomar um cartão amarelo na partida contra o Cuiabá disputada na Arena da Baixada pelo Brasileirão de 2022. Já Bryan Garcia recebeu R$ 50.000,00 para receber um cartão amarelo na partida contra o Fluminense, também disputada na Arena da Baixada, pelo Brasileirão de 2022.

Pedrinho alega ser inocente. Já Bryan Garcia confirma que recebeu essa quantia e virou testemunha da Operação Penalidade Máxima.

Confira abaixo a confirmação dos contratos de Pedrinho e Bryan Garcia rescindidos, de acordo com o BID:

Veja também