Copinha: Athletico vence Ponte Preta e avança às oitavas de final

Compartilhe

Com gols de Lucca e Keven, de falta e de pênalti, Furacão vence a Ponte Preta e vai enfrentar o Grêmio nas oitavas de final da Copinha

O Athletico venceu a Ponte Preta por 2 a 1 e e vai enfrentar o Grêmio nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior. Furacão abriu o placar com Lucca, tomou o empate em cobrança de pênalti e voltou a estar à frente com Keven, com cobrança de pênalti aos 42 minutos do segundo tempo.

Lucca fez seu segundo gol em batida de falta nesta Copinha – o primeiro ocorreu na vitória por 9 a 0, contra o Sparta-TO. Gol de pênalti de Keven foi o segundo da marca da cal marcado pelo Athletico no campeonato, Chiqueti converteu o primeiro.

Como fica?

Com a vitória, o Athletico avança e vai enfrentar o Grêmio nas oitavas de final da Copinha. Furacão volta a pegar o time gaúcho na competição, depois de ter enfrentado o Tricolor na Copinha de 2023, na terceira fase.

O Athletico parou nas oitavas de final do último ano, em derrota nos pênaltis contra o Floresta-CE. O Grêmio eliminou o Coimbra-MG, por 4 a 2.

Primeiro tempo morno

Logo no começo da primeira etapa o Athletico passou à frente no placar, com Lucca, em cobrança de falta. Meia bateu forte de perna esquerda e contou com falha do goleiro Vinícius para colocar a bola na rede – é o segundo gol de Lucca na bola parada nesta Copinha.

Partida se equilibrou após o gol e teve mesma tônica a todo o momento – o Athletico tinha a bola e a Ponte Preta buscava os conta ataques. O Furacão criava mais com arremates de fora da área, mas tinha baixa efetividade nas finalizações, pouco acertou o gol.

Nos acréscimos do primeiro tempo, lançamento longo deixou atacante frente a frente com o goleiro Filipe, do Athletico. Defensor chegou atrasado na jogada e cometeu pênalti, convertido de cavadinha por André. Etapa termina em 1 a 1.

Segundo tempo de emoção

Chances de gol para ambos os lados abriram a primeira etapa. Aos 4 minuntos, Walace cabeceou na primeira trave depois de batida de escanteio e assustou, em lance muito parecido com o gol que marcou contra o Catanduva, na fase de grupos.

A Ponte Preta respondeu com batida cruzada do atacante André para boa defesa do goleiro Filipe. Bola ainda sobrou nos pés de jogador do ataque, que não conseguiu aproveitar chance.

Um minuto depois o Athletico cria outra boa chance, em jogada do meia Dudu. Bola enfiada chegou no pé direito de João Cruz, que bateu forte, mas foi travado pela marcação.

Chance acabaram ficando cada vez mais raras na partida e o Athletico só conseguiu voltar a vencer em cobrança de pênalti de Keven, aos 42 minutos. Atacante bateu cruzado com força, sem chances para o goleiro que chegou até a adivinhar o canto.

Veja também