Em carta ao torcedor, Petraglia promete maior investimento

Compartilhe

Presidente do Furacão menciona "condições de montar um grande time" para 2024 e garante que Athletico terá "melhor modelo de Saf do Brasil"

“Vivemos nosso melhor momento; colheremos nossos melhores resultados.”, disse Mário Celso Petraglia, em carta ao torcedor que projetava o “Athletico do futuro”.

Após coletiva de imprensa na última segunda-feira (27), Petraglia utilizou de nota oficial para fazer promessas para o ano do centenário do clube. Presidente, que já havia garantido montagem de time competitivo para a próxima temporada, repete afirmação:

“O Athletico está sim em condições de montar um grande time para jogar no ano do nosso Centenário.”

Petraglia comenta que não pôde investir o “necessário” nos últimos anos, mas que, mesmo assim, teve bons resultados – venceu duas vezes a Copa Sul-americana e conquistou a Copa do Brasil. A justificativa para isso era o temor pelo acordo tripartite de pagamento da dívida da reforma da Ligga Arena, afastado “em definitivo”, segundo o cartola.

“Nunca estivemos tão bem resolvidos nas questões administrativas e financeiras do clube.” – diz Petraglia

Presidente ainda lembra a conquista da venda dos naming rights da Ligga Arena, por R$200 milhões, e da assinatura de contrato com a Liga Forte do Futebol, iniciativa capitaneada por Petraglia, e que renderá outros R$200 milhões para o Athletico nos próximos três anos – R$100 milhões neste ano, e R$50 milhões em 2024 e 25.

Petraglia ainda projeta: “o complexo da Arena ainda vai entregar muito mais, como vamos anunciar em breve.” Em mais uma previsão, dirigente fala sobre a venda da Sociedade Anônima do Futebol (Saf) do Furacão:

“Teremos o melhor modelo de SAF do Brasil, não tenho nenhuma dúvida. Nenhum clube tem as condições do Athletico”

Com a venda de sua Saf, o Athletico ganha chances de disputar os títulos mais importantes no Brasil e na América do Sul, segundo Petraglia: “A profissionalização é o último passo para o Athletico do Futuro.”

Petraglia projeta futuro do Athletico. Foto: Athletico

Composição de chapa e volta de dirigentes históricos

Mário Celso Petraglia também confirmou as voltas de Ademir Adur, Enio Fornea e Henrique Gaede à gestão do Athletico. Uma vez opositores de Petraglia, personagens importantes na história do Furacão vão compor chapa para as eleições, que ocorrem em 8 de dezembro, sem oposição.

Os nomes e funções da chapa de Petraglia ainda não foram divulgados oficialmente, mas foram inscritos nesta terça-feira (28). Presidente atesta: “os athleticanos se reuniram todos para formar uma chapa de união”.

As eleições, que aclamarão a chapa de Mário Celso Petraglia pela segunda vez consecutiva, estão marcadas para 8 de dezembro. Três dias depois, chapa nomeia representantes do Conselho Administrativo.

Veja também