Felipão deixa a direção de futebol do Athletico

Compartilhe

Scolari havia recebido proposta no início da semana e acertou nesta manhã os detalhes de sua ida ao Atlético-MG

Luiz Felipe Scolari acertou saída do comando da direção de futebol do Athletico e assumirá como treinador do Atlético-MG. Em volta de aposentadoria, treinador é esperado em Belo Horizonte para acertar últimos detalhes com o Galo depois de acumular desgaste no Furacão, segundo informação do GE.

Felipão teve conversa na manhã desta sexta-feira (16) para detalhar sua saída do Athletico e levará consigo o auxiliar Carlos Pracidelli. Paulo Turra, então auxiliar de Scolari e atual treinador do Furacão, não deve acompanhar Felipão e e continua no comando técnico do rubro negro.

“Não vou ser mais treinador no Brasil”

Em entrevista recente ao Ge, treinador aposentado havia fechado portas para retorno ao comando de algum clube no futebol nacional, mas manteve incerteza quanto a propostas internacionais: “Sempre disse que não vou ser mais treinador no Brasil. A Arábia Saudita está pagando muito bem. Não sei, vou pensar.”

Felipão foi procurado por seleção do Oriente Médio não revelada, em informação veiculada pelo Estadão e confirmada pelo próprio diretor, em entrevista na época. A imprensa argentina também especulou chegada de Scolari no Boca Juniors no início deste ano. Treinador condicionou possível saída do Athletico a grandes valores:

Por enquanto não, vou ficar aqui. Quem sabe tendo uma oportunidade muito grande, com valores muito diferentes, que eu vá pensar

Felipão comentou possível saída em entrevista ao Globo Esporte

Felipão assumiu o Athletico em maio de 2022 e teve 22 vitórias, 14 empates e 11 derrotas nos 47 jogos que disputou na beira do campo – teve 60% de aproveitamento. Técnico deixou o comando do clube no final de ano histórico, com classificação para a final da Copa Libertadores depois de 17 anos.

Scolari assumiu como diretor de futebol, chamado Head Coach pelo clube, e acumulou funções que vão da gestão do elenco principal do futebol masculino, passam pelo comando das categorias de base e chega até o comando do futebol feminino. Paulo Turra, atual treinador da equipe, foi promovido à função por indicação de Luiz Felipe Scolari depois de anos de relação.

Veja também