Furacão busca efeito suspensivo para contratar novos atletas

Compartilhe

Volante Richard, do Corinthians, estava encaminhado e punição pegou Clube de surpresa

Na tarde desta segunda (13), o Athletico recebeu notificação da FIFA que não poderá contratar novos atletas – nacionais e internacionais – durante as duas próximas janelas de transferência. A notícia pegou de surpresa a diretoria atleticana que ainda se movimentava para trazer reforços pra 2020. Segundo apuração do Portal Trétis, o o volante Richard, do Corinthians, já negociava para ser o novo jogador do Furacão.

 

À noite, o Athletico se manifestou através de nota oficial sobre a decisão da FIFA.

 

“Surpreendentemente, a decisão proferida impôs ao CAP uma sanção desportiva, consistente na impossibilidade de registro de novos atletas por dois períodos brasileiros de inscrição FIFA. O CAP esclarece que da referida decisão cabe recurso para a Corte Arbitral do Esporte (CAS) e que está tomando as providências jurídicas cabíveis, de modo a preservar os direitos do clube.”, diz a nota no site oficial do Athletico.

 

Richard tem 26 anos e chegou ao Corinthians em 2019, depois de uma temporada de destaque no Fluminense, em 2018. O atleta participou das semifinais da Copa Sul-Americana, quando o Furacão derrotou o time carioca por dois placares de 2×0. No Corinthians, Richard não conseguiu ter a mesma performance e foi emprestado ao Vasco.

 

Em 2020, o volante só participou de três jogos no Paulistão e perdeu vaga com Tiago Nunes depois da volta de Camacho e da contratação do colombiano Victor Cantillo. A negociação foi interrompida por causa da punição imposta ao Athletico, mas pode ser retomada caso o Clube consiga um efeito suspensivo nos próximos dias. 

 

O rubro-negro também buscava no mercado mais um lateral-direito e um atacante com mais experiência. Ainda não há previsão para o julgamento do efeito suspensivo.

Veja também