FURACÃO SOFRE EMPATE EM CASA E FREIA SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS

Compartilhe

Athletico começa perdendo, vira o jogo, mas não consegue segurar vitória na Arena

Em partida válida pela nona rodada do Brasileirão, o Furacão recebeu o Santos no sábado (4), em noite fria em Curitiba. A partida teve seus altos e baixos com boas jogadas pelos dois lados. O duelo teve início às 19h na Arena da Baixada. O placar final foi de 2×2. O resultado deixa o Athletico na sétima colocação com 13 pontos. Já o Santos, segue na oitava com um ponto a menos.  

Mesmo jogando em casa e com o apoio da torcida, o Furacão demorou para se encontrar em campo, a primeira grande chance de gol foi da equipe santista logo aos 6 minutos iniciais. Não demorou muito, e aos 11’ depois de uma triangulação a bola sobrou na direita para Sandry que fez um cruzamento certeiro na cabeça de Marcos Leonardo que abriu o placar para o Peixe.

 

O Furacão precisou de 33 minutos para conseguir transpor a defesa santista, e foi nesse minuto quando após uma jogada ensaiada de bola parada, Cuello encontra Christian livre de marcação e o volante arrisca de longe estufando a trave de João Paulo. A pressão Athleticana começa e dois minutos depois, Cuello vê João Paulo adiantado e arrisca de longe, o arqueiro adversário faz grande defesa.  

Finalmente o Furacão encontra o caminho do gol, e foi dos pés de David Terans que a jogada inicia, pela direita ele encontra Pedro Rocha em boa posição que faz um lindo passe para Pablo o deixando na cara do gol. Jogo empatado em 1×1.  

A postura Athleticana parece estar mudada no início do segundo tempo. Logo aos 5” Cuello acerta um chute de primeira obrigando João Paulo a fazer uma grande defesa, mas que não valeu em nada pois Cuello estava impedido.  Aos 10” o vira-vira athleticano veio. De bola parada, Terans fez um chuveiro na área e Léo Baptistão tentou o desvio, mas jogou contra o seu próprio gol deixando o Furacão a frente do placar.  

O Furacão se empolgou e por pouco não faz o terceiro logo dois minutos depois aos 12”, Cuello arriscou de fora da área, João Paulo espalmou mas Terans perdeu. Durou pouco a vitória parcial do Athletico na partida. Foi logo aos 18” o inspirado Marcos Leonardo fez o segundo dele empatando para o Santos, depois do cruzamento de Maicon pela direita, ele só teve o trabalho de empurrar para as redes sem nenhuma chance para Bento.  

Ficou por aí. Após o empate, as jogadas até foram criadas, mas faltou pontaria. A última melhor chance do Furacão foi com Cittadini aos 43” quando após cruzamento de Khellven pela direita, ele ficou cara a cara com goleiro, mas errou.

 

A próxima partida do Athletico pelo Brasileiro acontece na quarta, 8 de junho às 19h no Estádio Alfredo Jaconi em Caxias do Sul diante do Juventude.  

Ficha Técnica 

Campeonato Brasileiro – 9º Rodada  

Sábado, 04 de Junho  

Arena da Baixada – Curitiba-PR 

Público: 20.465 

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico e Abner; Hugo Moura, Christian (Cittadini), Terans (Erick); Pedro Rocha, Cuello (Vitor Roque) e Pablo. Téc. Felipão 

Santos: João Paulo; Auro, Maicon (Ricardo Goulart), Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Camacho (Lucas Braga), Sandry e Vinicius Zanocelo; Léo Baptistão (Lucas Barbosa) , Jhojan Julio (Felipe Jonatan) e Marcos Leonardo. Tec. Fabián Bustus 

Veja também