Furacão vence São Paulo e fica no G4

Compartilhe

Com dois pênaltis na partida, Vitor Bueno faz o gol da vitória e foco volta pra Libertadores

Dentro de casa, o Athletico continua fazendo sua parte desde que o técnico Luiz Felipe Scolari assumiu a equipe e o Furacão voltou a fazer três pontos no Brasileirão. A vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, com gol de Vitor Bueno, colocou a equipe no G4, na abertura do segundo turno, com 34 pontos. Thiago Heleno ainda perdeu um pênalti na partida. Agora o foco da equipe volta-se para a Copa Libertadores!

PRIMEIRO TEMPO

Poupando poucos jogadores, Felipão iniciou o jogo com Bento, Khellven, Thiago Heleno, Matheus Felipe e Abner; Fernandinho, Erick e Vitor Bueno; Agustín Canobbio, Tomás Cuello e Vitor Roque. Athletico e São Paulo fizeram um jogo de disputa da posse de bola, com poucas chances de gol no início. A primeira veio aos 20′. Vitor Bueno recebeu e chutou na trave. No rebote, Agustín Canobbio balançou as redes. Mas na revisão do VAR, a arbitragem notou que Bueno recebeu a bola em condição de impedimento.

No final do primeiro tempo, em jogada rápida no ataque, Vitor Bueno rolou pra Vitor Roque. A joia rubro-negra bateu e Felipe Alves conseguiu defender em dois tempos evitando o gol atleticano.

SEGUNDO TEMPO

O Athletico voltou para o segundo tempo com uma postura mais ofensiva e logo aos 5′ foi premiado com a marcação de um pênalti. Felipe Alves foi sair jogando, foi pressionado por Vitor Roque e acabou fazendo o pênalti no jovem atacante do Furacão. Na cobrança, o capitão Thiago Heleno foi pra bola, mas parou no goleiro são-paulino, que foi companheiro do zagueiro em 2018 no rubro-negro.

Aos 20 minutos, Canobbio entrou na área e foi derrubado por Moreira. Novo pênalti marcado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique. Na cobrança, Vitor Bueno não perdoou desta vez e colocou o Furacão na frente do placar. O Furacão quase ampliou após linda jogada de Fernandinho que deixou Vitinho na cara do gol. O atacante chutou pra defesa de Felipe Alves.

Com um a menos, após lesão de Marcelo Cirino, o Athletico segurou-se até os 54 da segunda etapa. Fim de jogo e com os três pontos, o Furacão fica no G4 do Brasileirão na 20° rodada. O foco agora volta-se para a Libertadores, com o confronto contra o Estudiantes nesta quinta (4) na Arena da Baixada, às 21h30.

Veja também