Há um ano, Athletico conquistava Copa do Brasil de forma emocionante

Compartilhe

Título inédito está imortalizado na história do Furacão

Há exatamente um ano atrás, o Club Athletico Paranaense colocou de vez seu nome na história do futebol brasileiro com um título inédito: o da Copa do Brasil. Desacreditado por muitas vezes, o Furacão surpreendeu a todos e levantou o caneco do campeonato.

 

Neste mesmo dia 18 de setembro, o rubro-negro chegou em Porto Alegre para o jogo de volta da decisão em vantagem, diante do Internacional, no Beira-Rio, após o triunfo de 1 a 0 na Arena da Baixada, com bonito gol de Bruno Guimarães. Apesar do placar nos primeiros 90 minutos, todos sabiam que não seria fácil a segunda parte do duelo. Mas, um time campeão é feito de desafios.

 

Contra tudo e todos, o Athletico já abriu o placar aos 23 minutos. Rony acionou Marco Ruben, e o camisa 9 tocou para o meio. Léo Cittadini recebeu cara a cara com Marcelo Lomba e não desperdiçou. A reação dos donos da casa não demorou. Sete minutos depois, Nico López aproveitou grande confusão na área atleticana e igualou o marcador. O empate já garantia a taça.

 

Satisfeito com a igualdade momentânea, o Athletico, na época comandado por Tiago Nunes, foi para a etapa complementar afim de segurar o resultado. O Colorado se lançou ao ataque, chegando a jogar com quatro atacantes e apenas um zagueiro. Inspirado, Santos fechava o gol como uma parede.

 

O Athletico Paranaense era vital, não podia vacilar contra aquela equipe. Completamente desesperada, a equipe do Inter abandonou tática, foi com tudo atrás do gol da vitória e deixou sua defesa completamente desorganizada. Aí que brilhou a estrela de Marcelo Cirino. O ídolo do Furacão recebeu de Bruno Guimarães aos 50. Linha de fundo, era esperado que o atacante segurasse a bola na linha na lateral, gastasse o tempo. Que nada, isso é Furacão. Cirino aplicou, de letra, uma linda caneta sobre Edenílson, deixou Lindoso no chão e serviu Rony. O motorzinho do time fez 2 a 1 para enlouquecer todos, até quem não é adepto do Clube Athletico Paranaense.

 

Seis anos após bater na trave, perdendo o título para o Flamengo, enfim o rubro-negro conseguiu conquistar o caneco- o 12º clube apenas a conseguir o feito. Campeão Brasileiro, da Copa do Brasil, Sul-Americana, 26 vezes Paranaense. Prazer, Athletico Paranaense.

 

Relembre a campanha do Athletico na Copa do Brasil:

Oitavas de Final
IDA: 16/05- Fortaleza 0x0 ATHLETICO
VOLTA: 05/06- ATHLETICO 1×0 Fortaleza

Quartas de Final
IDA: 10/07- ATHLETICO 1×1 Flamengo
VOLTA: 17/07- Flamengo (1) 1×1 (3) ATHLETICO

Semifinal
IDA: 14/08- Grêmio 2×0 ATHLETICO
VOLTA: 04/09- ATHLETICO (5) 2×0 (4) Grêmio

Final
IDA: 11/09- ATHLETICO 1×0 Internacional
VOLTA: 18/09- Internacional 1×2 ATHLETICO

Veja também