Luto: morre Valdir Espinosa, ex-técnico do Athletico

Compartilhe

Treinador com inúmeras passagens por clubes brasileiros dirigiu o Furacão em 2002

Faleceu na manhã desta quinta (27), no Rio de Janeiro, o ex-técnico Valdir Espinosa. Submetido a uma cirurgia na região do abdômen no dia 17, ele foi internado novamente no dia 20 e não se recuperou. Ele ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo e foi treinador do Athletico durante a campanha do Brasileirão de 2002.

 

Valdir Espinosa assumiu o Athletico no início do Brasileirão 2002, após a saída de Geninho e do treinador interino Riva Carli, que foi o tricampeão Paranaense naquele ano. No Brasileirão, Espinosa dirigiu a equipe em 14 oportunidades, com 6 vitórias, 4 empates e 4 derrotas. O técnico ainda contava com a dupla campeã brasileira Kléber e Alex Mineiro, além de Kléberson que acabava de ser pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira e do jovem Dagoberto, que ganhou as primeiras oportunidades como titular em Campeonatos Brasileiros com ele. O técnico foi substituído por Gilson Nunes e, posteriormente, Abel Braga.

 

Espinosa também acumulou inúmeras passagens por outros clubes do futebol brasileiro, entre eles o Grêmio onde foi campeão Mundial em 1983 e o Botafogo, onde levantou o troféu de campeão Carioca em 1989. Descanse em paz, Valdir!

 

 

Veja também