Mais uma vitória fora de casa!

Compartilhe

Furacão bate São Paulo no Morumbi com gol de Marcelo Cirino e atinge marca histórica

Fazendo uma das melhores campanhas longe da Baixada na história do Brasileirão, o Furacão ampliou sua série invicta como visitante. No Morumbi, o Athletico bateu o São Paulo com um gol de Marcelo Cirino no final da partida. O rubro-negro atingiu a marca histórica de sete partidas sem perder longe de seu domínio, algo que só aconteceu no campeonato de 2004, onde a equipe de Levir Culpi ficou oito jogos invictos.

 

Eduardo Barros surpreendeu na escalação e mostrou novidades no onze inicial. Robson Bambu ganhou vaga na zaga no lugar de Léo Pereira, Camacho e Bruno Nazário substituíram os lesionados Bruno Guimarães e Léo Cittadini, enquanto que Marcelo Cirino assumiu a vaga de Marco Ruben, suspenso, no ataque.

 

O Athletico iniciou a partida tentando marcar a saída de bola do São Paulo e explorando a velocidade de Rony e Marcelo Cirino nos contra-ataques, mas encontrou dificuldades. Quem impediu o gol paulista com duas grandes defesas foi Santos. Recém-convocado para a Seleção Brasileira, o goleiro mostrou porque foi o escolhido por Tite em duas chances de Pablo, ex-atacante e campeão da Sul-Americana pelo Furacão.

 

Na primeira, Santos pegou um chute desviado no reflexo. Na outra oportunidade, o arqueiro saiu errado com a bola, mas se recuperou defendendo um duelo um-contra-um com Pablo. No intervalo da partida, o meia Bruno Nazário – que não teve boa atuação – foi substituído por Lucho González.

 

O segundo tempo foi mais amarrado e com menos finalizações das duas equipes. O Athletico levou perigo com Lucho, aos 21 minutos. O argentino acabou finalizando mal. Eduardo Barros colocou Erick e Vitinho na partida. Os jovens não apareciam em campo há sete rodadas. E no final da partida, veio a vitória. Vitinho recebeu lançamento e tocou pra trás. Marcelo bateu rasteiro e o goleiro Tiago Volpi aceitou. 

 

O Furacão chegou a 50 pontos no campeonato e entrou novamente no G6, abrindo mais uma vaga para a Libertadores 2020. Esse foi o sétimo jogo sem derrotas como visitante no Brasileirão, superando a sequência de seis jogos sem perder em 2013 e se aproximando do recorde feito em 2004, com oito jogos invictos longe de casa.

 

 

Veja também