Nikão é o maior artilheiro do Athletico na Sul-Americana

Compartilhe

Com seis gols na história da competição, camisa 11 supera Pablo na tabela de artilheiros

Com o gol marcado de pênalti na vitória sobre o América de Cali, pelo primeiro jogo das oitavas da Copa Sul-Americana, o meia-atacante Nikão chegou ao sexto gol marcado na história da competição. O camisa 11 já balançou a rede em três temporadas diferentes (2015, 2018 e 2021) e superou Pablo, que marcou cinco gols na campanha do título rubro-negro.

Em 2015, Nikão fez seu primeiro gol na Sul-Americana contra o Joinville, na Arena da Baixada. O meia mostrou que em 2018 estaria abençoado e marcou dois gols contra o Newell’s Old Boys, sendo um em Curitiba e um em Rosário. Nikão voltou a balançar as redes na goleada contra o Peñarol, em Montevidéu. Na semifinal, no Maracanã, o camisa 11 selou a ida para a grande final logo aos 5 minutos do primeiro tempo contra o Fluminense, marcando seu quarto gol na campanha do título.

Nikão também é o maior artilheiro do Athletico em competições CONMEBOL (Libertadores e Sul-Americana) com nove gols. Ele é seguido a distância pelos artilheiros em Libertadores Luisinho Netto, Lima e Marco Ruben, cada um com seis gols cada.

Confira os artilheiros do Furacão na história da Sul-Americana:

6 gols – Nikão

5 gols – Pablo

4 gols – Marcos Aurélio

2 gols – David Ferreira, Dênis Marques. Jancarlos, Pedro Oldoni, Rafael Moura, Marcelo Cirino, Renan Lodi, Bruno Guimarães, Raphael Veiga, Renato Kayzer e Vitinho

1 gol – João Leonardo, Danilo, Dinei, Alan Bahia, Antônio Carlos, Kelly, Wesley, Nei, Walter, Douglas Coutinho, Daniel Hernandez, Marcos Guilherme, Rony, Guilherme, Léo Pereira, Marcinho, Christian, Abner e Carlos Eduardo

Veja também