No se quedan

Compartilhe

Dos argentinos, apenas Lucho González seguirá no Furacão em 2020

As partidas contra Santos e Avaí vão marcar a despedida de praticamente todos os argentinos do Furacão. O meia Tomás Andrade e os atacantes Braian Romero e Marco Ruben não ficam no Athletico para 2020. Apenas Lucho González, de contrato renovado, continuará na próxima temporada. 

 

Desde o início de novembro, havia o indício que Marco Ruben não ficaria para 2020. O atacante, que perdeu o pai em outubro, desejava voltar ao Rosario Central para ficar mais próximo da família e os boatos foram confirmados nos últimos dias pela direção do clube argentino. Ruben fará sua despedida nesta quarta e já volta para Rosario no final de semana. O Athletico tinha até o dia 30 para exercer a opção de compra e não a realizou por desejo do matador, que fez 12 gols nesta temporada – seis deles na Copa Libertadores.

 

O Athletico também já avisou o River Plate e o Independiente que não exercerá a opção de compra em Andrade (US$ 1,5 milhão) e Romero (US$ 2,5 milhões). A dupla passou boa parte do segundo semestre no banco de reservas com Tiago Nunes e Eduardo Barros e não agradaram torcida e diretoria do Clube. Todos os contratos acabam neste final de ano.

 

Andrade fez 16 jogos com a camisa rubro-negra marcando um gol, enquanto que Braian Romero vestiu o manto em 24 ocasiões, marcando três tentos. Os argentinos foram campeões da Copa do Brasil e da Levain Cup, no Japão.

 

 

Veja também