NOTA DE REPÚDIO

Compartilhe

Colunista da Tretis é hostilizado na internet

Quem trabalha com a Internet sabe que as leis virtuais no Brasil são praticamente inexistentes. Não são raras as mensagens de ódio que são enviadas para integrantes da equipe do Portal Trétis, geralmente propagadas por perfis fakes que mudam de nome a cada semana. Mas quando a mensagem vem de um senhor, com o título de Conselheiro do Clube Athletico Paranaense, precisamos ampliar o debate.

 

Neste último domingo (7), nosso colunista Lucas Meireles foi diretamente atacado pelo conselheiro Aurélio Marcos Franco da Cruz na rede social Twitter após postar uma opinião contrária à diretoria do Clube. Este senhor, que deveria ser exemplo por estar diretamente vinculado ao Conselho Deliberativo do Athletico, destilou palavras de ódio, xenofobia, xingamentos e desejou até a morte de um torcedor rubro-negro, igual a todos nós.

 

Lembramos que há casos que já foram julgados no Conselho de Ética do Clube envolvendo sócios com teor muito mais leve do que os, infelizmente, vistos pelo grande público atleticano nesta tarde de ontem. Reiteramos também que a torcida atleticana só estará realmente unida quando não houver mais a polarização de ideias e opiniões. Nem tudo está apenas entre “situação” e “oposição”. Defendemos o respeito e o debate.

 

Lucas foi duramente atacado por fazer uma crítica construtiva a um assunto ainda polêmico no meio da nação. Amanhã pode ser outro torcedor, que opina com argumentos mas que quer o melhor para todo o Clube. Como portal independente sobre o Athletico Paranaense, repudiamos o fato e oferecemos total suporte ao nosso colunista para que outras pessoas não sofram os mesmos ataques no futuro.

 

Saudações rubro-negras!

Veja também