Paulo Turra pede paciência para a torcida: “Um crédito de confiança”

Compartilhe

Furacão garantiu a classificação, mas soma quatro derrotas consecutivas

Após a classificação na Copa do Brasil sobre o Botafogo no Estádio Nilton Santos, o treinador Paulo Turra e o herói da classificação, Bento, participaram de entrevista coletiva. Turra exaltou o potencial do elenco e na confiança dos jogadores no próprio trabalho.

— Eu disse para eles confiem em seu potencial, na história que estão fazendo aqui, na camisa do Athletico Paranaense, que vem ano após ano sendo um time copeiro, que dá trabalho ao adversário com e sem a bola. Nós não temos limites. Porque confiamos no nosso trabalho, somos resilientes. Quando todos nos dão como mortos, nós ressuscitamos. Estamos ganhando vivência, casca nas competições, e não só nos mata-matas. É um grupo que sabe de seu potencial. Vai ter momentos menos bons. Mas a cada tropeço ficamos mais fortes. – Disse.

Turra fez um apelo para a torcida, sabendo da pressão de ser o treinador do Athletico.

— Por ser um treinador mais jovem, estou pagando um preço. O que eu peço à torcida é um crédito de confiança, mesmo sendo jovem, acordo todos os dias cedo, chego cedo no CT, saio tarde. Trabalho muito junto com toda comissão técnica, staff, grupo de apoio e uma coisa podem ter certeza, o que estamos fazendo no clube é um trabalho muito bom. – Disse.

O comandante também comentou sobre a situação de David Terans. O camisa 10 rubro-negro perdeu muito espaço no time titular e no jogo de ontem entrou apenas para as penalidades.

— Sobre a situação do Terans, assim como aconteceu com outros atletas, o Cuello, Canobbio, Thiago Andrade, agora com o Khellven também. Eu tenho que ter o equilíbrio entre o momento que o jogador está, seja fisicamente, mentalmente. Temos que manter o equilíbrio, um refresco ao longo da temporada, são 37 jogadores no elenco do Athletico. O Terans está treinando mais e está se esforçando no treinamento. Está passando por uma reciclagem. Ele é um jogador importantíssimo, é um goleador, um dos nossos líderes de assistências e ele vai retornar. – Explicou.

O treinador rubro-negro também elogiou sua defesa. Thiago Heleno, Pedro Henrique e o herói da classificação, o goleiro Bento. Turra exaltou a entrega desses jogadores.

— O Bento foi muito bem. Lógico que ele é mais notado, porque fez defesas importantes e principalmente pelas duas penalidades, que foram defesas espetaculares. Mas eu não posso falar só do Bento. O Thiago Heleno estava com gripe. Foi para o aquecimento para fazer um teste se conseguiria respirar. À princípio ele era dúvida. Mas ele pediu para o aquecimento, porque queria muito jogar esse jogo. Pedro Henrique fez um grande jogo. Todo o nosso time fez um grande jogo. – Falou.

Bento exaltou a vitória e a união do elenco, mas reconhece que o Botafogo comandou as ações da partida. O camisa 1 também se comprometeu com a evolução da equipe.

— Essa vitória representou a força do nosso elenco. Mostrou a força do nosso elenco, que não desiste nunca e está muito unido. Viemos com uma proposta para este jogo, que não era se defender. Era jogar mais e atacar mais, mas a equipe do Botafogo é muito qualificada. Eles precisavam no resultado, então acabaram empurrando a nossa equipe para trás. E pela qualidade deles, não conseguimos manter a nossa posse no campo de ataque. Vamos continuar melhorando. Porque nosso elenco é muito qualificado. Nossa equipe é muito boa de trabalhar. – Analisou.

Veja também