Pela segunda vez na sua história, o Athletico é tricampeão estadual

Compartilhe

Há 18 anos o Athletico não conquistava o Paranaense por três vezes consecutivas

Com uma virada histórica, o Furacão bateu o rival Coritiba na decisão e pela segunda vez na sua história é  tricampeão estadual. O clube só tinha conquistado três estaduais seguidos em 2000, sobre o rival Coritiba, 2001 e 2002, em cima do Paraná Clube. Na ocasião, atletas como Flávio, Gustavo, Cocito, Kléberson e Kléber que haviam conquistado o Brasileirão meses antes, levantaram o tri, na Vila Capanema.

 

O Athletico venceu com o Coritiba de virada e manteve a hegemonia no estado nos últimos anos. Após vitória por 1 a 0 no jogo de ida, o Furacão saiu atrás, mas empatou com um golaço de Khellven e virou com outro golaço de Nikão. Com isso, o clube chega ao 26° título estadual na história. O Furacão encerrou sua campanha com 11 vitórias, três empates e três derrotas, com 16 gols sofridos e 36 gols marcados.

 

Esse foi o quinto título sobre o Coritiba na casa do rival. Já tinha sido assim em 1945, 1983, 1990 e 2016. Nos últimos três anos, o Athletico encheu a sala de troféus. Conquistou a Sul-Americana e a Copa do Brasil, além de dois estaduais com o time de aspirantes, em 2018 e 2019.

 

Neste ano, o Furacão iniciou o torneio regional com a equipe alternativa,como nos anos anteriores, mas a pausa ocasionada pela pandemia mudaram os planos e o clube finalizou o Paranaense com o elenco principal e consagrou-se tricampeão do Campeonato Paranaense em cima do seu rival Coritiba.

Veja também