Pela segunda vez!

Compartilhe

Athletico fará sua segunda decisão na casa do Internacional após a Libertadores de 2005

A CBF realizou um sorteio para os mandos de campo da final da Copa do Brasil e a partida decisiva será no Beira-Rio, estádio do Internacional. O jogo acontecerá no dia 18 de setembro, às 21h30, e o palco da decisão não é desconhecido nem inédito para o Athletico na disputa de finais.

 

Em 2005, chegando à última fase da Libertadores, o Furacão disputaria o título com o São Paulo. Na época, ainda com o estádio antigo, o rubro-negro não possuía a capacidade para 40 mil pessoas que o regulamento pedia para a disputa da final.

 

Com apenas 24 mil cadeiras, o Athletico chegou a fazer esforços, construindo arquibancadas tubulares para 16 mil novos lugares. Mesmo com a aprovação da Federação Paranaense de Futebol, do Corpo de Bombeiros, do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e da Prefeitura de Curitiba, além da solicitação à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para que notificasse a Conmebol de que a Arena da Baixada já estava apta a receber a final, a entidade não permitiu o uso do estádio e confirmou o Beira-Rio como sede.

 

Foto: Mauro Vieira/Agencia RBS

 

O episódio ficou marcado na torcida rubro-negra, pois a organização afastou a chance de assistir a uma grande final na sua casa, onde o clube paulista nunca havia ganho e que sempre foi conhecida como o fator de força do time. O Athletico acabou empatando em Porto Alegre e perdendo no Morumbi.

 

Foto: Foto: Fernando Pilatos/Gazeta Press

 

Portanto, essa será nossa segunda final disputada no Beira-Rio, 14 anos depois daquela Libertadores e com a chance do Furacão representar e ser decisivo, mais uma vez, em terras gaúchas. Será a chance do time disputar a segunda grande final da sua história em casa, além de reviver o passado por uma taça no estádio do colorado.

Veja também