Raio-X: Liga Deportiva Universitária de Quito – LDU

Compartilhe

Furacão enfrenta a LDU pela primeira vez na sua história. Confira sobre a história, local de jogo, destaques e momento do time equatoriano

Na noite da próxima quinta-feira (12), o Athletico entrará em campo pela partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. O adversário será a LDU de Quito e a partida terá início às 19h15 (horário de Brasília). Por este motivo, o Portal Trétis realizou um raio-x detalhando o time equatoriano, quais são as forças, as fraquezas, os pontos positivos e negativos desta tradicional equipe sul-americana. Será a primeira vez na história que Athletico x LDU disputarão uma partida.

HISTÓRICO

A Liga Deportiva Universitária, mais conhecida como LDU, foi fundada no dia 11 de janeiro de 1930, na cidade de Quito, capital do Equador. A LDU já conquistou 11 vezes o Campeonato Equatoriano, sendo o mais recente em 2018. Além disso tem uma conquista da Copa do Equador, duas Super Copas do Equador e duas conquistas do Campeonato Equatoriano da Série B. No âmbito continental, a LDU tem quatro títulos. A equipe equatoriana venceu a Copa Libertadores de 2008, em cima do Fluminense, e venceu a Copa Sul-Americana de 2009, também em cima do Fluminense. Além disso, foram vitoriosos na Recopa Sul-Americana de 2009, derrotando o Internacional, e na Recopa Sul-Americana de 2010, desta vez vencendo o Estudiantes de La Plata, da Argentina.

ESTÁDIO

Foto: Reprodução

A LDU manda seus jogos no estádio Rodrigo Paz Delgado, mais conhecido como estádio Casa Blanca, na capital do Equador, Quito. O estádio tem capacidade para 41.596 espectadores. O estádio foi inaugurado no dia 6 de março de 1997, em um amistoso realizado entre LDU x Atlético/MG, com vitória equatoriana por 3×1. A grande dificuldade de jogar lá é a altitude de 2.860m acima do nível do mar. O Furacão já jogou na altitude de Quito este ano, enfrentando o Aucas e saindo vencedor pelo placar de 1×0, porém agora o desafio é bem mais complicado. Neste século, a LDU já enfrentou 19 times brasileiros neste estádio e saiu vitoriosa em 12 oportunidades, porém neste ano Flamengo e Grêmio conseguiram triunfar na altitude.

MOMENTO ATUAL

A LDU chegou nesta fase da Copa Sul-Americana depois de ser terceira colocada em seu grupo na Libertadores, chave que tinha: Flamengo, Veléz Sarsfield e Unión La Calera. Nas oitavas da Copa Sul-Americana eliminou o Grêmio, perdendo a ida em Quito por 1×0 e vencendo a volta, em Porto Alegre por 2×1. Avançou pelo número de gols marcados fora de casa.

No primeiro turno do Campeonato Equatoriano que teve seu fim em abril, a LDU terminou em 6º lugar com 25 pontos. Em 15 partidas, venceu seis vezes, empatou sete e perdeu outros dois jogos. No segundo turno, que acabou de começar, a equipe de Quito ocupa a 7ª colocação, com quatro pontos.

Recentemente, a LDU trocou seu comando técnico. Saiu o uruguaio Pablo Repetto, que tinha um trabalho longevo na equipe desde 2017, e chegou para comandar a Liga de Quito o argentino Pablo Marini, ex Montevideo City Torque. O time base da LDU é: Adrián Gabbarini, Matías Zunino, Franklin Guerra, Luís Caicedo e Christian Cruz, Ezequiel Piovi, Jordy Alcívar, Adolfo Nuñoz, Jhojan Julio, Nilson Angulo, Luís Amarilla. Os destaques do time são o lateral uruguaio Matías Zunino, o volante Jordy Alcívar, o meia Jhojan Julio e o atacante paraguaio Luís Amarilla. O ponto fraco da LDU é a defesa. Em 18 partidas no Campeonato Equatoriano, a Liga de Quito levou 25 gols. Na Libertadores, em seis rodadas, tiveram seu gol vazado em 13 oportunidades.

Nas últimas cinco partidas, a LDU venceu três partidas, empatou uma e perdeu a outra. Confira abaixo o resultado dos últimos jogos da Liga de Quito:

  • 16/07 – Universitário (EQU) 0 x 1 LDU
  • 20/07 – Grêmio 1 x 2 LDU
  • 25/07- 9 de Octubre 4 x 1 LDU
  • 02/08 – LDU 4 x 0 Olmedo
  • 07/08 – Universidad Católica (EQU) 2 x 2 LDU

Veja também