Raio-X Sul-Americana: Metropolitanos de Caracas Fútbol Club

Compartilhe

Estreante na competição, o Metropolitanos da Venezuela será o segundo adversário do Furacão no torneio

A Copa Sul-Americana 2021 está prestes a iniciar para o Athletico e, dando continuidade ao material sobre os adversários do Furacão que o Portal Trétis preparou, hoje iremos detalhar o nosso segundo adversário na competição: Metropolitanos, da Venezuela.

O Metropolitanos é um time considerado novo, foi fundado no dia 03 de agosto de 2011, situado na cidade de Caracas. Um ponto positivo é que a capital da Venezuela tem uma altitude equivalente a de Curitiba, assim sendo, os jogadores do rubro-negro não serão afetados por essa questão fisiológica.

Os jogos do Metropolitano acontecem no estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela. O Athletico já atuou nesse estádio por essa mesma competição. Na Copa Sul-Americana de 2018, o Furacão enfrentou o Caracas neste estádio e venceu por 2×0, dois gols de Raphael Veiga.

O time venezuelano, em toda sua pequena história de apenas nove anos, tem só um título conquistado. O Metropolitanos foi campeão da segunda divisão da Venezuela em 2016. É a primeira vez que irão disputar uma competição continental. No Campeonato Venezuelano de 2020, terminou a competição na quarta colocação do grupo B com 21 pontos. Foram 14 jogos, cinco vitórias, seis empates e três derrotas. Marcaram 20 gols e sofreram 17 tentos.

Na fase inicial da Copa Sul-Americana deste ano, enfrentaram o Puerto Cabello, também da Venezuela, e venceram pelo placar agregado de 3×0. Na ida venceram por 2×0 e na volta por 1×0.

O Metropolitanos costuma jogar no esquema 4-4-2 e seu time-base é: Giancarlo Schiavone, Leminger Bolívar, Andrés Ferro, Steven Pabón e Nestor Cova, Robinson Flores, Abraham Bahachille, Christian Larotonda e Luís Martell, Marco Bustillo e Johan Moreno. O técnico é José Maria Morr.

Destaques: Um dos destaques do time é o atacante Johan Moreno, de 29 anos, com passagens por times tradicionais da Venezuela, como Zamora, Deportivo Táchira e Antofagasta, e com convocações para a seleção venezuelana.

Foto: Metropolitanos F.C.

Outro jogador que merece destaque é o camisa 10, Evelio Hernandéz, de 36 anos, com passagens por Caracas, Deportivo Anzoátegui, Deportivo Táchira e Zulia. Hernandéz tem mais de 20 partidas pela seleção local.

Foto: Metropolitanos F.C.

Veja também