Recomeço: suspensão por doping de Walter chega ao fim

Compartilhe

Atacante ficou um ano e meio afastado dos gramados; exame antidoping apontou presença de furosemida e metabólitos de sibutramina

O atacante Walter está liberado para retornar aos gramados quando o futebol retomar. Após dois anos de suspensão por ser pego no exame antidoping, a punição ao atleta chega ao fim neste sábado (04), um ano e meio depois de sua última partida oficial.

 

Em 2018, quando atuava pelo CSA, Walter testou positivo para furosemida e metabólitos de sibutramina, substâncias presentes em remédios para emagracer. O exame foi feito na partida diante do Brasil de Pelotas, no dia 05 de julho daquele ano, data em que começou a contar a punição de dois anos imposta ao atleta.

 

Desde então, o atacante de 30 anos vive a expectativa de voltar a jogar. Após o CSA, Walter foi contratado pelo Goiás. Seu retorno ao clube, porém, foi breve. Com o aumento da pena anunciado no julgamento final, em abril de 2019, o atacante deixou a equipe depois de três meses, sem chegar a atuar. Desde maio de 2019, Walter ficou sem clube e chegou a jogar por um time amador de Goiânia.

 

O retorno ao Furacão aconteceu em maio deste ano, com um contrato inicial de três meses e possibilidade de renovação. Nas redes sociais, o atacante tem compartilhado com a torcida rubro-negra sua rotina de recuperação. O emagrecimento do atacante é visível diante das fotos e vídeos divulgados pelo atleta e também pelo Athletico.

 

https://www.instagram.com/p/CAnbSNOptKX/

 

 

Veja também