Thiago Heleno, Nikão e Léo Cittadini não viajam à Bolívia

Compartilhe

Atletas não possuem condições físicas até a partida; Clube já embarcou para Cochabamba

O Athletico contará com três importantes desfalques para o reinício da Copa Libertadores 2020, nesta terça (15), em Cochabamba, na Bolívia. O zagueiro Thiago Heleno e os meias Léo Cittadini e Nikão não viajaram com o elenco para enfrentar o Jorge Wilstermann. Os três atletas não possuem condições físicas para esta partida.

 

Nikão e Léo Cittadini apresentaram dores e serão poupados. Nikão saiu mancando do clássico Athletiba e Léo Cittadini, poupado no último jogo, segue com dores no tornozelo. Segundo o técnico Eduardo Barros em declarações na entrevista coletiva, esta é uma lesão crônica que o atleta possui. A informação foi divulgada pela jornalista Monique Vilela, da Rádio Banda B. 

 

Já Thiago Heleno possui uma pré-disposição genética que diminui a oxigenação no sangue em níveis de altitude. O atleta descobriu esta disfunção quando estava na base do Cruzeiro e não viaja para jogos em cidades altas. O zagueiro já havia sido desfalque no ano passado, quando o Athletico enfrentou o mesmo Jorge Wilstermann a 2.800 metros de altitude.

 

Um provável Athletico, escalado por Eduardo Barros, terá Santos, Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington, Erick e Christian; Geuvânio, Fabinho e Guilherme Bissoli. O outro desfalque certo é o goleiro Jandrei, que cumprirá suspensão.

Veja também