TRÉTIS SCOUT: ANÁLISE DE CARACAS 0X0 ATHLETICO

Compartilhe

Confira a análise individual dos jogadores do Furacão

Os critérios levam em conta: Nota SofaScore, influência no jogo, erros individuais, jogo com e sem a bola e desempenho defensivo e ofensivo. O atleta precisa estar em campo 15 minutos (mínimo para avaliação). (O jogo sem sofrer gol conta como 1.0 ponto na nossa análise.)

Bento: 9.0
O goleiro atleticano foi extremamente seguro, fazendo quatro boas defesas e fazendo boas intervenções no decorrer da partida.

Orejuela: 7.5
Em sua estreia com a camisa do furacão, Orejuela fez um bom jogo, aparecendo no ataque, dando um bom passe para finalização na segunda etapa. Na parte defensiva, o atleta alterou bons e maus momentos, cedendo alguns contra-ataques perigosos para a equipe venezuelana.

Pedro Henrique e Lucas Halter: 7.0
Ambos pareciam estar fora de ritmo por conta da falta de jogos no estadual, tiveram boas interceptações, mas muitos botes errados. A nota foi aumentada por conta do SG (Jogo sem sofrer gols).

Abner Vinícius: 6.5
O lateral do furacão foi um dos piores em campo, muito por conta do técnico Alberto Valentim, que não conseguiu achar soluções para segurar o ataque venezuelano e sacrificou o jovem lateral na partida. No final do jogo saiu um pouco mais e causou perigo ao gol adversário.

Hugo Moura: 6.0
Hugo fez um primeiro tempo seguro, com apenas um erro grave que quase gerou um gol do adversário. No segundo tempo, caiu de produção, por conta da falta de auxílio que teve na marcação.

Christian: 7.5
O melhor do nosso meio-campo, Christian se movimentou, deu bons passes. No segundo tempo, preferiu tocar do que chutar a gol e prejudicou o rubro-negro no resultado.

Marcelo Cirino: 5.0
O pior em campo, Marcelo Cirino errou muito nas tomadas de decisão e prejudicou diretamente o Furacão em campo.

Terans: 6.5
O uruguaio foi um dos mais participativos do Athletico no jogo, teve seis chances de gol, porém, não aproveitou nenhuma.

Cuello: 7.0
Em sua estreia com a camisa rubro-negra, Cuello foi um dos principais nomes do Athletico no jogo, se destacando no um contra um. O novo ponta do furacão sentiu falta de um companheiro para apoiá-lo.

Pablo: 7.5
Pablo fez sua melhor partida desde a sua volta, deixando por três oportunidades seus companheiros na cara do gol.

Marlos e Rômulo: 6.0
Ambos não tiveram participação direta na partida, por isso, não teve sua nota alterada.

Vitor Bueno e Khellven: 7.0
Esses entraram e melhoraram o time, criando oportunidades claras de gol, desperdiçadas pelos companheiros.

Veja também