TRÉTIS SCOUT: ANÁLISE DE SÃO PAULO 4X0 ATHLETICO

Compartilhe

Confira a análise individual dos jogadores do Furacão

Os critérios levam em conta: Nota SofaScore, influência no jogo, erros individuais, jogo com e sem a bola e desempenho defensivo e ofensivo. O atleta precisa estar em campo 15 minutos (mínimo para avaliação). (O jogo sem sofrer gol conta como 1.0 ponto na nossa análise.)

Bento: 6.0
O goleiro atleticano viveu altos e baixos na partida, fez quatro boas defesas, mas, além de tomar quatro gols, falhou no terceiro gol de Calleri.

Khellven: 2.0
Após a grande contestação da torcida sobre a estreia de Orejuela na última terça-feira, Khellven era aclamado para receber mais oportunidades de Alberto Valentim, porém, o lateral errou em tudo que tentou, falhou no primeiro gol são paulino e se omitiu na partida.

Pedro Henrique: 4.0
PH ficou longe de fazer uma boa partida, falhou em três oportunidades e em uma delas saiu o terceiro gol do São Paulo, porém, teve dois bons cortes no decorrer da partida e em certo momento no primeiro tempo foi um diferencial nas transições ofensivas.

Lucas Halter: 3.0
Visivelmente fora de forma, Lucas Halter não está aproveitando as chances que estão lhe sendo dadas, o zagueiro falhou na marcação do segundo gol de Calleri, errou em vários momentos o tempo de bola nos combates defensivos e errou uma chance clara mandando a bola para o terceiro anel do Morumbi.

Abner Vinícius, Hugo Moura e Christian: 2.0
Esses três jogadores foram os piores do Athletico em campo, errando absolutamente tudo, porém, tem um grande ponto que explica tudo isso e ele se chama ALBERTO VALENTIM. Com o medo de levar uma goleada na noite deste domingo, o já ex-treinador do Athletico tirou a liberdade desses três, Hugo e Christian sem participar da transição ofensiva nos contra-ataques (única jogada de perigo do Athletico) e Abner fixo para cuidar de Nikão, com isso perdemos a qualidade de Christian e Abner para chegarmos ao gol e ao mesmo tempo sobrecarregamos o Hugo Moura por conta deste esquema ridículo de Alberto Valentim.

Vitor Bueno e Marcelo Cirino: 4.0 e 3.5
Ambos foram terríveis na partida, tendo erros nas tomadas de decisão e sendo omissos o jogo inteiro. Marcelo ainda perdeu uma chance clara no primeiro tempo.

Terans e Cuello: 5.5 e 6.5
Apesar dos erros nas tomadas de decisão, nossos gringos foram os únicos que honraram a camisa rubro-negra, se movimentando, criando algumas jogadas e se esforçando para carregar um time totalmente desorganizado na hora de atacar.

Marlos e João Vialle: 4.5/Cannobio e Vitinho: 5.5/Pedro Rocha: 6.0
Todos que entraram tentaram mudar a partida para o lado do Athletico, porém, pegaram uma equipe totalmente desorganizada e sem motivação dentro do jogo. Infelizmente quem ficou mais tempo, acabou sendo afetado pelo restante da equipe.

Veja também