Uma surpresa daquelas

Compartilhe

Caio, de 10 anos, vai assistir Boca x Athletico, mas só descobre que vai viajar dentro do aeroporto

Felipe Hansen é atleticano doente, daqueles que não perdem uma viagem atrás do time. Ele será mais um entre os dois mil atleticanos que estarão em Buenos Aires para ver Boca Juniors x Athletico, mas não estará sozinho. Acostumado a se despedir do pai, seu filho Caio foi até o aeroporto para dar um abraço e desejar boa viagem. Foi aí que a surpresa aconteceu.

 

 

Na hora de despachar a bagagem e fazer o check-in, Caio, de 10 anos, foi avisado que iria junto nessa aventura. A emoção tomou conta do pequeno torcedor, que demorou a acreditar no que estava acontecendo. Felipe conta que a ideia da surpresa surgiu em janeiro, já com as datas da Libertadores marcadas. Mas foi difícil driblar a marcação cerrada do filho. “Reservei as passagens e hospedagem já no início do ano. Volta e meia o Caio pedia para ir junto, daí eu falava que não tinha como. E ele ficava choramingando pelos cantos. Foi difícil esconder até hoje”.

 

Felipe e Caio moram em Ponta Grossa e frequentam a Baixada em praticamente todos os jogos. “O Caio vai na Arena desde que está na barriga da mãe. Somos sócios ininterruptos desde 2008 e vamos em 80% dos jogos, seja fazendo bate-volta ou ficando um dia a mais em Curitiba”, afirma.

 

O pai conta que é inexplicável a sensação de estar levando seu filho para um dos jogos mais importantes da história do Athletico. “Fico pensando se eu recebesse essa surpresa, mesmo depois de adulto. Imagine para ele? Espero que aproveite e o time venha com a vitória”.

 

Todos esperamos, Felipe. Boa viagem, Caio!

 

 

Veja também